sábado, outubro 23, 2021
InícioAraripina em FocoVoos começam a movimentar aeroporto de São Raimundo Nonato

Voos começam a movimentar aeroporto de São Raimundo Nonato

Após anos e anos de
denúncias, de matérias destacando a importância do aeroporto para o desenvolvimento
da microrregião de São Raimundo Nonato (525 km de Teresina) e do Parque
Nacional Serra da Capivara, até que finalmente o chamado “Aeroporto
Internacional Serra da Capivara”, fosse finalizado e tivesse iniciado as
operações comerciais no seu terminal de passageiros.
Hoje posso relatar aqui
que nem tudo são flores, mas que o aeroporto finalmente está pronto, bonito e
aberto não apenas para políticos e empresários nos seus aviões particulares,
mas sobretudo para moradores da região e turistas que desejam chegam de forma
mais rápida e cômoda na chamada “Capital da Pré-História”.
A empresa de
infraestrutura aeroportuária ESAERO, que tem a frente o visionário Tony
Mesquita, com larga experiência nos aeroportos dos EUA, está fazendo todo o
esforço necessário para manter o funcionamento do aeroporto e seu terminal de
passageiros. No entanto, por mais estranho que pareça, a empresa não pode
cuidar totalmente do espaço em função do Governo do Piauí ainda não ter
recebido a obra da empresa construtora. Faltam detalhes administrativos e
financeiros para que o imbróglio seja resolvido.
Apesar da beleza do espaço
e de sua capacidade de gerar rendar e empregos na região, alguns detalhes ainda
chamam a atenção. Por exemplo, na entrada do Terminal de Passageiros, uma cerca
de arame farpado impede parcialmente a entrada regular dos visitantes. A
sujeira e o mato já começam a ocupar os espaços internos e externos do
aeroporto pois a ESAERO não está autorizada a cuidar definitivamente do local –
mera burocracia da nossa legislação.
Na última semana fiz o
acompanhamento da chegada e saída de um dos dois voos semanais da empresa
Piquiatuba na rota Teresina – Picos – São Raimundo. Como as fotos mostram,
documentei a aterrissagem do voo, o desembarque dos passageiros e a beleza do
aeroporto visto do alto.
Na primeira foto, por
exemplo, fica claro a forma de um veado na arquitetura de seu Terminal de
Passageiros. Ao contrário do que muitos pensam e divulgam, a casa dos
passageiros tem a forma do animal que é símbolo da Serra da Capivara – um
veado, e não uma capivara como erroneamente divulgado.
A esperança agora é que o
incremento no fluxo de passageiros leve a empresa a ampliar os voos e que novas
e grandes empresas tenham interesse em operar na cidade, viabilizando voos
entre as grandes cidades do Nordeste e do Brasil com a “Capital da
Pré-História”.
Nesse sentido, o Governo
do Piauí tem um papel importante: fazer uma divulgação nacional, de forma
profissional, das riquezas ambientais e culturais da Serra da Capivara com o
objetivo de atrair novos visitantes e com isso fazer a roda da economia local girar,
gerando renda e empregos para uma população ávida por receber os frutos que o
incremento turístico na área possa gerar a médio e longo prazo.

Fonte: Portal AZ
RELACIONADOS