”Vida perdida não se recupera”, diz Paulo Câmara ao reafirmar que seguirá com medidas restritivas

Em novo pronunciamento realizado nesta quarta-feira  (25), o governador de Pernambuco, Paulo Câmara reforçou o enfrentamento ao novo coronavírus. Nas redes sociais, o político reafirmou que seguirá adotando medidas restritivas recomendadas pelas autoridades sanitárias no mundo. 

O governador ressaltou a importância do isolamento social e sobre não existir “nada mais importante e urgente do que proteger a vida”. No discurso Paulo fala sobre a construção de caminhos para recuperar a economia e que “vida perdida não se recupera”. 

Leia o pronunciamento do governador na íntegra:

Pernambucanos e pernambucanas.Eu tenho conclamado todos vocês a entrarem na luta pela vida. O coronavírus é uma ameaça real e exigiu a adoção de medidas duras. E de uma orientação que vem sendo seguida no mundo inteiro: ficar em casa. Nada é mais importante e urgente do que proteger a vida. Não pode existir outra escolha. Vamos precisar, sim, construir caminhos para a recuperação econômica, será assim no mundo. Mas tudo ao seu tempo. Vida perdida não se recupera. Todo esforço agora é para conter a propagação de uma doença fatal. Por isso, quero reafirmar a determinação do nosso governo. Vamos atuar firmemente pelo seu cumprimento. Minhas ações se pautam em recomendações científicas e humanísticas. Assim continuaremos. Convoco mais uma vez o povo pernambucano a participar deste enorme esforço pessoal, familiar, profissional. O risco é uma realidade, ninguém pode negar. O momento é de responsabilidade e dedicação integral à defesa da vida. O protocolo internacional conta com o nosso governo e nós contamos com vocês. Vamos seguir juntos e fortes para superar este desafio e seguir em frente. Muito obrigado.

Fonte: Diário de PE/Fotos: Reprodução