Vereador vende o próprio carro, perfura poço e dar água de graça à população, no Sertão

Por - 27/11/2015
O vereador, Reginaldo de Babá, do município
de Soledade, interior da Paraíba, vendeu um veículo e, com o dinheiro, perfurou
um poço artesiano em um terreno de sua propriedade, localizado no bairro Alto
São José, zona oeste, e colocou a água a disposição da população.
Antes de distribuir a água á população,
Reginaldo mandou fazer uma análise no líquido na UFCG e na Cagepa.
Desta forma, ficou constatada que é uma água
propicia para gastos e não serve para o consumo humano, haja vista que tem uma
pequena quantidade de sal que a deixa salobra.
Após atestada que não há nenhuma bactéria
prejudicial, o vereador decidiu fazer instalar uma caixa d’água de 10 mil
litros e também construiu uma cisterna de 80 mil litros para armazenar o
preciso líquido e distribuir ás pessoas da comunidade.
Além disso, Reginaldo disse em entrevista ao
Jornal Imparcial pela rádio Cidade AM 1310 na segunda-feira (23), que parte da
água deste poço, é vendida para empresários do ramo de granja e a prefeitura.
O dinheiro arrecadado com essa venda, ele
paga aos pipeiros para levar água aos demais recantos da cidade onde a Cagepa
não mais consegue abastecer a população.
“Diante dessa terrível seca, onde a população
clama o tempo inteiro por água, me veio a ideia de vender um Fiat Uno que eu
tinha e perfurar um poço em terreno que tenho no Alto São José, instalar uma
caixa de 10 mil litros e fazer uma cisterna de 80 mil litros e isso tem
possibilitado atender boa parte da população, porque é ligada 24 horas voltada
para a rua com uma mangueira ligada e com um registro, que possibilita o
pessoal pegar a água em latas, carroças de burro. Ou seja, é uma maravilha”,
alegra-se o vereador.
Reginaldo diz que a iniciativa não tem nada a
ver com promoção política, conforme insinuou uma meia dúzia de invejosos e que
só pensou mesmo no sofrimento dos seus conterrâneos.
“Eu jamais pensaria numa coisa dessas. Ou
seja, trocar água por voto. Até porque as eleições só ocorrerão daqui há 11
meses. Penso sim, em contribuir com o povo da minha terra, que vive sofrendo
com a falta d’água. A água esta aí, não sei até quanto tempo, pois não
conseguimos ver o subsolo. Mas vamos pedir a Deus que mande chuva para encher
os reservatórios e acabar de vez com essa estiagem”, conclui.

Neste tempo que a escassez d’água vem
atingindo todo o Estado da Paraíba, a iniciativa do parlamentar é mais que
louvável.
Do Boa Ventura Online