Um casal sofreu um grave acidente de trânsito na noite desta quinta-feira (19), na BR 232, após o Residencial Alto do Moura. Aline Tomaz da Silva, de 28 anos, que trabalhava numa loja de artigos de cama, mesa e banho no centro e o esposo, Alberes Pimentel Rosa Neto, conhecido como “Netinho” de 24 anos, que trabalha numa oficina mecânica no bairro Vassoural, voltavam do trabalho pra casa na Vila Peladas, na zona rural de Caruaru, numa moto guiada pelo “Netinho” e moravam e a cerca de 500 metros do Residencial atropelaram e mataram uma vaca, a Aline morreu no local e o esposo foi socorrido pelo Samu e levado em estado grave para o Hospital Regional do Agreste, onde está internado.

O Inspetor Diógenes Barbosa da Polícia Rodoviária Federal, que esteve no local com o Inspetor D. Lima, disse que tentou encontrar alguma ferradura no animal para tentar identificar o proprietário, porém não encontrou nada disso e disse também que nesse período de seca é comum animais irem pastar as margens da rodovia ou no canteiro e como a vaca era preta o condutor da moto não viu.

Ainda enquanto a Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil e IC – Instituto de Criminalística, estavam realizando a perícia no local e no corpo da jovem quando alguns populares ao verem que a vaca tinha morrido, nisso começaram a esquartejar o animal.

O corpo da Aline foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal.

Agreste Violento / Imagem: Reprodução