Tio que matou sobrinha grávida de 8 meses diz que se arrepende por ter tirado duas vidas

Por - 26/05/2015



Vitalmo
Pereira de Sousa
, 64 anos, é suspeito de ter matado a jovem
Milena Araújo dos Santos, 19 anos,
com cerca de 20 facadas na última sexta-feira. O crime aconteceu em Água
Branca, cidade localizada a 100 quilômetros de Teresina, Milena estava grávida
de oito meses. O suspeito, preso em flagrante, confessou o crime durante
depoimento e afirmou estar arrependido de tirar a vida da jovem e do bebê.

De acordo com o titular da
Delegacia Regional de Água Branca, Ricardo Moura, o crime foi passional, já que
o acusado teria matado por ciúmes. “Primeiro ele veio com uma história de
que alguém havia entrado na casa para assaltar, mas nada foi levado. Depois ele
confessou o crime e disse que matou porque viu a jovem conversando no celular
com um rapaz. Ele tinha um ciúme doentio, era apaixonado por ela e ela não o
correspondia. Então ele explodiu e praticou o homicídio”, informou o
delegado.

Vitalmo
afirmou em depoimento que Milena era sua sobrinha de consideração e que os dois
vieram do Pará para o Piauí procurando atendimento a saúde no estado. Durante o
depoimento, o acusado revelou que chegou a golpear a vítima com um martelo, a
ferramenta foi encontrada no local do crime e a polícia encontrou vestígios do
couro cabeludo da jovem no objeto.
Durante o depoimento ele
deu alguns detalhes, ele negou que tenha tido relações sexuais com a Milena e
disse que o filho dela seria de um namorado. Eu perguntei a ele “O senhor está
arrependido?”  ele me respondeu “estou
sim porque tirei duas vidas”.
O delegado afirmou que
após a conclusão do inquérito, Vitalmo
Pereira de Sousa
deverá responder pelos crimes de feminicídio e aborto, já
que ele tinha consciência de que ela estava grávida.

Curta nossa Pagina>Araripinaemfoco<

 Fonte: cidadeverde