Suplente de vereador é assassinado com 11 tiros em bar

Por - 12/11/2015
O suplente de vereador e taxista, Geraldo
Francisco de Sousa, foi assassinado na noite desta quarta-feira (11/11) com
pelo menos seis disparos de arma de fogo no município de Fronteiras, distante
410 km da capital Teresina.
De acordo com a Polícia Militar, o local onde
a vítima se encontrava era um cassino de baralho. Ele estava no local quando
foi surpreendido pelos disparos. Um inquérito foi aberto para investigar o
caso. Geraldo morreu no local.
Duas pessoas são suspeitas de cometerem os
disparos. Eles fugiram em rumo ignorado. Policiais da 4ª Companhia de Polícia
de Fronteiras fazem diligências na região para tentar localizá-los.

Geraldo Francisco era separado e pai três
filhos e foi candidato pela oposição nas eleições de 2012 em Fronteiras pelo
PSL onde obteve 307 votos ficando na suplência.
A Perícia esteve no local e é aguardado o
resultado do laudo para saber realmente quantos tiros atingiram a vítima.

Geraldo é a terceira pessoa, natural de
Fronteiras, morto em menos de dois meses. No final de outubro e no inicio deste
mês de novembro, dois irmãos, residentes na cidade, foram assassinados no
município de Campos Sales, no interior do Ceará.

Fonte: Riachão Net