Enquanto alguns setores da direita no Recife falam em escolher apenas um candidato para fazer oposição à esquerda, o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) prevê que o grupo se divida em dois ou três nomes, em uma eleição polarizada para a prefeitura da capital pernambucana.

O emedebista tenta articular a participação do deputado federal Raul Henry na disputa, o que provocou reação do ex-senador Armando Monteiro Neto (PTB). Além do correligionário, cita outros nomes como possibilidades para a centro-direita.

Mendonça [o ex-ministro Mendonça Filho] é um grande candidato e tem se colocado com muita força na postulação. Daniel Coelho também. Daqui até fevereiro vamos ver quem terá ânimo e disposição para se colocar para as forças políticas de oposição. Mas acredito que entre as opções colocadas o melhor nome é de Raul Henry”, citou em entrevista à Rádio Jornal, nesta quarta-feira (15).

Hoje, segundo Fernando Bezerra Coelho, há mais três candidaturas possíveis. “O trabalho a ser feito é enxugar para que a centro-direita se apresente com duas a três candidaturas”, afirmou.

Pesquisas

De acordo com o senador, pesquisas a que ele teve acesso demonstram que a centro-esquerda teria cerca de 38% das intenções de voto e a centro-direita, 34%. “Não há nenhuma perspectiva de abrir disputa entre dois candidatos do mesmo campo [em um eventual segundo turno]”. Do lado da esquerda, são apresentados como possíveis candidatos João Campos (PSB), Marília Arraes (PT) e Túlio Gadêlha (PDT). (Fonte: Portal NE10/Blog de Jamildo)