Sem professor, alunos da Zona Rural de Araripina não tiveram aula em 2016

23/05/2016 14h39
Do G1

Cinco meses que foi
iniciado o ano de 2016 e muitos estudantes já estão com todo o gás em muitas
escolas no Sertão pernambucano. Mas esta realidade não pode ser aplicada aos
alunos em duas comunidades da Zona Rural de Araripina, no Sertão pernambucano,
que, por falta de professores, as salas estão completamente vazias.
A situação acontece, por
exemplo na Escola José Batista Modesto, na Comunidade de Serra da Torre. Na
localidade, várias crianças estão sem aula. Como a pequena Eloá Rodrigues, de 5
anos. A mãe da menina, Maria Eunice Rodrigues diz que a sente falta das aulas.
“Tem dia que ela até chora para vir pra aula e não tem professor. É preocupante
demais. Eu queria professor na escola”, disse Maria Eunice.
A agricultora Maria
Lucilene da Silva tem duas crianças sem poder ir para a escola por falta de
professor. “Tenho um no 4º ano e outro no infantil. A gente já tá no mês de
maio e até agora nenhum dia de aula pra essas crianças”, disse a agricultora.
A professora Maria Iva
Sousa diz que a situação da Escola José Batista Modesto é preocupante. “Temos
50% das turmas sem aula. O infantil I e II, e os 4º e 5º anos estão sem aula. A
gente está vivendo uma situação jamais vista, porque nos anos anteriores tinha
aula normal, mas esse ano está acontecendo esse problema. Os pais sempre nos
procuram pra saber sobre a situação, mas a gente não tem resposta pra eles”,
lamentou a professora.
Na comunidade Serra do
Simões, das duas turmas existentes, apenas uma está tendo aula. A agricultora
Francinete Fernandes se diz muito preocupada com o filho de 10 anos que está
sem aula. ”Eu sou a mãe de Anderson, que já pra está no 5º ano e, até esse
tempo, estamos praticamente no fim de maio, não começaram as aulas e a gente não
tem resposta”, disse a mãe.

A Secretaria de Educação
de Araripina informou que a quantidade de professores efetivos é insuficiente
para atender a demanda do município e que houve um grande número de licenças
dos servidores municipais. Porém um processo seletivo simplificado está
previsto para ser divulgado até o final deste mês pra efetivar servidores e
que, alguns contratados, já estão assumindo os cargos na tentativa de resolver
o problema. A previsão é que até o final da próxima semana, 100% das escolas
estejam funcionando. A Secretaria afirmou ainda que em relação à reposição das
aulas, cada unidade escolar vai fazer uma programação com 200 dias letivos. Clique no link e veja à matéria completa…

Sobre o Autor

Allyne Ribeiro