Sem conseguir apoio para federal com o grupo de Valmir Filho, Nunes Rafael diz que não fechou com ninguém.

Por - 23/05/2016
Não são boatos, nem muito
menos dinâmica na política, são fatos que as pessoas que convivem dentro do
meio politico, sabem dos acordos e propostas que os pré-candidatos recebem
todos os dias, para conseguir possíveis apoios.
Segundo uma fonte, Nunes
Rafael em reunião com o pré-candidato Valmir Filho, só toparia votar e marchar
com o grupo, se caso fosse apoiado para deputado federal em 2018 e por todos do
grupo da bancada independente. Proposta essa que não foi bem aceita por alguns
membros do grupo.
Detalhe

Quem compõe o grupo de Valmir hoje é o ex-prefeito Lula Sampaio, que por sua
vez, já declarou que sua filha Camila, será candidata à vereadora. Então, se
Nunes disse que ainda não fechou com nenhum grupo, como ficará esse nó, se ele
não fechar com Valmir, já que Camila Sampaio está filiada no PHS de Nunes?
Semanas atrás o editor
deste, encontrou Nunes Rafael na Câmara de vereadores de Araripina, e
perguntou sobre Lula Sampaio, o mesmo afirmou, dessa forma: “Lula vai para Tião
e indica o vice”. Fato esse que não aconteceu.
Vou
deixar uma pergunta:
Se
Nunes não fechar com Valmir em troca do apoio para federal com quem ele fecha?
Analise
as situações – O grupo de Alexandre
Arraes já tem o pré-candidato Tião do Gesso, então uma possível
chance de fechar apoio para federal com Nunes, fica meio que impossível, já que
Dona Creusa Pereira (PSB), acaba de assumir o seu mandato de deputada federal,
ou seja, se o grupo de Alexandre não apoiou Nunes no passado, imagina agora com
Creusa sentada na cadeira.
Do
mesmo modo é um apoio de Tião do Gesso
a Nunes para federal,
visto que: Tião tenha a legenda do seu partido SD – Solidariedade para ser
candidato a prefeito de Araripina, detalhe esse que o coloca como possível
apoio ao líder do seu partido no estado de Pernambuco, o deputado federal
Augusto Coutinho, claro que ele não iria liberar uma legenda sem querer nada em
troca.
No
caso de Aluízio Coelho
acredito eu, que também não iria
fechar um apoio com Nunes, dando em troca um apoio futuro para federal, esse
que também é candidato a prefeito e sabe que precisa do apoio do líder do seu
partido, o deputado federal Eduardo da Fonte, assim também como da Fonte irá
precisar dele no futuro.
No
PMDB de Araripina
Fica difícil, o grupo
fechar apoio com Nunes para federal, se existem vários nomes que o grupo pode apoiar,
inclusive nomes como de Kaio Maniçoba, que agora faz parte do PMDB, assim
também como o nome de Jarbas Vasconcelos, e vários outros nomes, decidir por um
apoio precipitado ao suplente de deputado Nunes Rafael pode dar uma grande dor
de cabeça no futuro, tanto para Valmir, quanto para o grupo.
No
caso de Raimundo Pimentel
o próprio Nunes Rafael, disse que não
apoia de forma alguma. Tirando então, qualquer chance de Raimundo o apoia-lo
para federal em 2018.
Nunes
revelou
– segundo postagem em um blog da cidade, que até o
próximo dia 10 de Junho, ele decidirá se o seu partido fará composição a algum
grupo, ou ele se lançará candidato a prefeito.
O
PHS

hoje conta com 10 pré-candidatos a vereador. O cauteloso Nunes, revelou que
toda e qualquer decisão política será feita em comum acordo com a sua família e,
os amigos que sempre acompanharam seu projeto político.

Vamos esperar…