Romero Jucá afirma que ‘caiu a ficha do PSDB’ sobre operação Lava Jato

Por - 23/05/2016
Durante conversas
ocorridas em março passado, o ministro do Planejamento, Romero Jucá (PMDB-RR),
sugeriu ao ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado que “caiu a ficha” de
líderes do PSDB sobre o potencial de danos que a Operação Lava Jato pode causar
em vários partidos. “Todo mundo na bandeja para ser comido”, disse o então
senador.
Segundo a coluna Poder, da
Folha de S. Paulo, Machado afirmou que “o primeiro a ser comido vai ser o
Aécio”, e acrescenta: “O Aécio não tem condição, a gente sabe disso, porra.
Quem que não sabe? Quem não conhece o esquema do Aécio? Eu, que participei de
campanha do PSDB…”.

Machado tenta refrescar a
memória de Jucá: “O que que a gente fez junto, Romero, naquela eleição, para
eleger os deputados, para ele [Aécio] ser presidente da Câmara?” Não houve
resposta de Jucá. Aécio presidiu a Câmara dos Deputados entre 2001 e 2002.