AFNEWS
AFNEWS


Ontem na cidade de Araripina os bairros Nova Roma e Alto da boa vista, passaram um grande sufoco, principalmente para quem tem crianças pequenas em casa. Mais uma queda de energia, uma das muitas que estão se tornando frequentes. A queda de energia teve seu inicio por volta das 19hrs e voltou quase 22hrs, isso no bairro Nova Roma, pois no bairro Alto da Boa Vista só voltou depois das 23hrs.

Agora imaginem só, em uma noite de calor a energia acaba, você tem filhos pequenos e eles começam a chorar por conta da escuridão, eletrônicos e eletrodomésticos na tomada (Você corre para desliga-los), as vezes um ou dois aparelhos queimam. Imaginou tudo isso? Bom, é esse o problema que moradores dos bairros Alto da boa vista e Nova Roma tem passado frequentemente.

Conversamos com uma moradora do Bairro Nova Roma chamada Adlia Carolinne de Carvalho Dias, ela relatou que essa não é a primeira vez há queda de energia acontece “Tenho 2 filhos, um de 2 anos outro de 8 anos e com as faltas que não foi a primeira vez agente sofre bastante porque além do calor tem as muriçocas que não nos deixa em paz”, chegou a queimar um equipamento, que nesses momentos de crise econômica é difícil gastar, sem poder “Da outra vez que faltou e só retornou no dia seguinte nossa bomba de água queimou por conta das quedas de energia que houve. O que é muito ruim porque é um gasto sem poder nesse momento né!”Carolinne também conta que para não passar mais um sufoco com a família foram todos dormir na pousada da sogra “Ontem fomos dormir fora logo porque vi no grupo de WhatsApp do bairro que não tinha previsão certa e fiquei com medo de passar por tudo novamente… Eu desliguei todos os eletrônicos e eletrodomésticos ontem com medo”.

Procuramos a Companhia Energética de Pernambuco – CELPE – e nos foi informado que houve desligamento automático do circuito que atende parte do centro da cidade de Araripina devido a uma falha num componente elétrico. O desligamento foi às 18h56 e todo circuito bem como o fornecimento foi normalizado às 22h49, segundo a assessoria da empresa de distribuição de energia.