AFNEWS
AFNEWS

O Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) é um projeto da federal em conjunto com os CRAS das cidades que tem duas finalidades básicas: promover o acesso à alimentação e incentivar a agricultura familiar. Aqui na cidade de Araripina não é diferente. O projeto compra alimentos produzidos pela agricultura familiar, com dispensa de licitação, e os destina às pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional e àquelas atendidas pelo CRAS, pelos equipamentos públicos de segurança alimentar e nutricional e pela rede pública e filantrópica de ensino. Ou seja, fornece alimentação para todas que estão escritas participam dos projetos e oficinas da instituição.

No entanto, neste momento pandêmico como não está havendo encontros presenciais, as instituições CRAS de Araripina resolveram distribuir os alimentos para as famílias que estão escritos e participam dos projetos, pois como disse a secretária Ana Paula Ramos “Não há sentido algum manter esses alimentos guardados neste momento pandêmico”. A distribuição dos alimentos ocorrem toda terça-feira nos CRAS da cidade, como há muitas famílias participando as coordenadoras fazem um rodizio para que todos recebam alimentos.

É importante ressaltar que o programa não só alimenta os participantes do CRAS mas também contribui para a constituição de estoques públicos de alimentos produzidos por agricultores familiares e para a formação de estoques pelas organizações da agricultura familiar. Além disso, o programa promove o abastecimento alimentar por meio de compras governamentais de alimentos; fortalece circuitos locais e regionais e redes de comercialização; valoriza a biodiversidade e a produção orgânica e agroecológica de alimentos; incentiva hábitos alimentares saudáveis e estimula o cooperativismo e o associativismo. Assim, ajudando a movimentar a economia da cidade comprando de agricultores locais.

A secretária de assistência social Ana Paula Ramos ressalta a importância das famílias se inscreverem no CRAS mais próximo “É de extrema importância a inscrição das pessoas nos CRAS, pois tem oficinas para os jovens, dos encontros para os idosos, oportunidades de projetos com instituições privadas como o SESC, oportunidades de empregos, ou seja, tendo total acesso aos programas federais, que é vantagem para a população!”

A cidade de Araripina possui três CRAS sendo eles no Cavalete 1, Alto da Boa Vista (Em frente ao Grangeiro) e Morais (que atende Nascente, Lagoa do Barro e Gergelim). Ao chegar a instituição procurar suas respectivas coordenadoras (Alto da boa Vista: Gabriela e do Cavalete 1: Raquel Lacerda) para o cadastramento e inscrições em projetos e oficinas oferecidos pela instituição, Também tem consultas e cadastramentos do Bolsa Família.