Professores podem decretar greve por tempo indeterminado em Serra Talhada

09/04/2016 13h36
No início do ano o Governo
de Serra Talhada prometeu reajuste de 16,61% para professores e 10% para os
demais servidores da educação do município. Passaram-se três meses e até o
momento a promessa não saiu do papel. Indignados com a situação, os professores
decretaram estado de greve no dia 26 de março e marcaram uma assembleia para o
próximo dia 11, quando decidem se entram em greve por tempo indeterminado.
Segundo informações do
Farol de Notícias, o presidente licenciado do Sindicato Municipal dos
Trabalhadores em Educação de Serra Talhada (Sintest), vereador Sinézio
Rodrigues, a categoria está reivindicando os retroativos do piso do ano
passado, que conseguiu superar o reajuste dado pelo MEC, de 16% para
professores e 10% para os outros servidores da educação. Também está em
discussão o novo reajuste, dado este ano.

Do Blog Alvinho
Patriota

Sobre o Autor

Allyne Ribeiro