Suzana Cristina Ferreira Damasceno, 45 anos, natural de Ouricuri foi mais uma vítima da covid-19 em Ouricuri. Suzana era professora da rede municipal de ensino desde 2000, concluiu o ensino médio na escola EREM Fernando Bezerra e se formou em pedagogia pela UPE e lecionou em várias escolas da rede municipal, assim como foi gestora de algumas escolas na cidade.

Atualmente residia no bairro do IPSEP em Ouricuri e estava acometida com a covid-19, deixando esposo e 3 filhas de 10, 13 e 18 anos. Ela estava internada desde o dia 13 de abril e faleceu neste domingo, 09 de maio, dia das mães.

A secretaria de educação prestou homenagens a professora e lamentou pela partida:

SINDSEP de Ouricuri, a qual a professora era sindicalizada, também emitiu nota pública sobre a morte da servidora, confira:

“Quantas vidas ainda serão ceifadas pela falta de gestão pública dum governo negacionista e genocida que coloca o capital acima da vida?!!! Deixo toda nossa solidariedade, afeto e carinho a família de Suzana. Sentimos c vcs e estamos de luto e em luta p que nenhum de nós, filhos, filhas, amigo, amigas mães, esposos…perdam seus amores! Hoje, a defesa da vida passa essencialmente pelo direito a vacinação imediata. A falta comprometimento e amor a humanidade do governo deixou-nos refém de um vírus q já tem vacina, se não p erradicá-lo, mas para aumentar significativamente nossa chance resistência. Mas acredito q História será implacável e jogará no lixo cada um daqueles q atentou contra nosso direito sagrado de viver! Nesse dia das mães, c nosso coração enlutado, desejamos q todas as mães, filhas, filhos, esposos… e sejam vacinadas! Suzana, Presente Sempre!”.

Fonte: Blog do Emanoel Cordeiro.