Prefeitura de Araripina fecha escola e moradores vão até a Câmara cobrar posição dos vereadores e do prefeito

Os moradores da Serra do Cavaco 2, zona rural de Araripina, no Sertão de Pernambuco, foram até a Câmara de Vereadores para cobrar uma posição dos vereadores e do prefeito do município, Raimundo Pimentel, em relação a escola Manoel Jacó de Sousa que foi fechada pela secretaria de educação.

Marlene Vieira, representante da comunidade usou a tribuna para pedir providências ao prefeito Raimundo Pimentel e a secretária de educação Larissa Muniz Falcão.

Ouça o áudio

O vereador líder da bancada de oposição na Câmara, João Dias, apresentou um requerimento pedindo ao gestor que reabra a escola.

Na justificativa do vereador, é que existe uma lei 12. 960 de 27 de março de 2013, que altera a lei de Diretrizes de Base da Educação (LDB), ppois a Lei prevê que a comunidade seja ouvida. Pois a Referida Escola tem mais de 70 (setenta) alunos em 03 (três) turnos, a comunidade não concorda com o fechamento.

Os moradores fizeram uma baixo assinado para unir forças e ter a escola aberta novamente na sua comunidade:

Excelentíssima Srª Secretária de Educação do Município de Araripina-PE

Os cidadãos abaixo assinados, residentes e domiciliados na Serra do Cavaco 2, Zona Rural deste município, se veem do presente para solicitar de V. Excelência a permanência da Escola Manoel Jacó de Sousa. A mesma atende a 166 (cento e sessenta e três famílias) e 70 alunos (setenta alunos). A remoção desses alunos para outra escola seria um grande prejuízo para nosso comunidade, sem contar com a distância que percorreriam para chegar até a outra escola, pois como vai andar em círculos o trajeto será de 50km.

Lembrando ainda que essa escola é muito bem conservada e atende perfeitamento as necessidades da localidade.

Na certeza de termos nosso pleito atendido, encaminhamos o presente documento assinado por todos os interessados.

Araripina, 05 de julho de 2019.

AF Newss/Foto: Reprodução