Na manhã de hoje (25), o prefeito da cidade de Moreilândia, Teto Teixeira,
acompanhado da secretária de Agricultura do município, Bruna Sampaio, esteve na capital pernambucana, reunido com o secretário de Agricultura Familiar de Pernambuco, Humberto Arraes e com o Major Morais, para resolver um débito antigo deixado pela última gestão referente ao Garantia-Safra.

A dívida deixada pelo ex-prefeito foi no valor de R$99.858,00, o que prejudicou cerca de 2 mil famílias, deixando o município inadimplente e fora do programa desde a Safra 2018-2019. A agricultura familiar do município foi prejudicada pela falta do investimento do valor de R$ 1.664.300,00 reais.

Com o interesse de resolver e voltar a favorecer os agricultores da região, que estão sem receber a garantia, Teto procurou ajuda do secretário, pois pagando os aportes, Moreilândia volta aderir a Safra 2021-2022. O acordo então foi homologado e o secretário garantiu que os agricultores irão voltar a receber o valor.

“O prefeito Teto Teixeira preocupado com a situação da agricultura familiar da cidade nos procurou para resolver a dívida, e então homologamos o acordo de pagamento do débito, para que em 2022, os agricultores familiares de Moreilândia voltem a receber o Garantia-Safra, que é um auxílio financeiro muito importante para tantas famílias”, afirmou o secretário Humberto Arraes.

Assessoria de Imprensa/Foto: Reprodução