Prefeito farão protesto contra a crise e governo

20/10/2015 12h50
A diretoria da Associação
Municipalista de Pernambuco (Amupe), juntamente com presidentes de consórcios e
outros agentes públicos, irá realizar, na próxima semana, uma manifestação
contra a falência dos serviços públicos, em desa dos municípios e contra a
crise econômica. O protesto está marcado para o próximo dia 26, em frente à
Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) e contará com apoio de campanhas
de rádio, televisão e das mídias sociais.
Segundo o presidente Amupe,
Gonzaga Patriota, o protesto contará com a participação de diversas caravanas
vindas do interior, além de instituições e parlamentares estaduais e federais.
“As pessoas estão sofrendo no bolso as mesmas consequências da crise e
sabem que os municípios não aguentam mais tamanho descaso do Governo
Federal”, afirmou Patriota.
egundo o presidente Amupe,
Gonzaga Patriota, o protesto contará com a participação de diversas caravanas
vindas do interior, além de instituições e parlamentares estaduais e federais.
“As pessoas estão sofrendo no bolso as mesmas consequências da crise e
sabem que os municípios não aguentam mais tamanho descaso do Governo
Federal”, afirmou Patriota.

“Muitos deles não
aguentam mais e já falam que vão parar. Esse ato é mais um grito de socorro
diante da falta de recursos e as constantes quedas do FPM que vem afetando as
obrigações dos municípios para dar uma qualidade de vida digna aos seus
moradores. Os prefeitos reclamam também dos Programas Sociais do Governo
Federal que chegam para os municípios sem os recursos suficientes para dar
andamento, ficando a carga onerosa para os municípios. Como ente federativo, os
municípios querem igualdade na divisão tributária da União – Um novo Pacto
Federativo, e que o país encontre logo caminhos para sair dessa crise
esmagadora que afeta a todos”, disse.

Sobre o Autor

Allyne Ribeiro