Prefeito de Bodocó diz que vai realizar concurso público

11/03/2021 16h04

Em entrevista na tarde dessa quinta-feira (11/03) ao Jornal do Meio Dia na Rádio Voluntários FM, o prefeito do município de Bodocó Otávio Pedrosa (PSB) falou sobre os dois primeiros meses de sua gestão à frente daquela cidade e entre os assuntos tratados durante a participação no programa foi abordado o tema concurso público. De acordo com o gestor, é ‘inevitável a realização do certame’, visto que, o quadro de servidores efetivo é muito pequeno. E para isso a equipe da Administração já está fazendo o levantamento de vagas internamente para que seja possível o lançamento do edital.

Situação das contas de Bodocó

Durante sua explanação, o gestor foi questionado sobre como recebeu as contas do município entregues pelo ex-prefeito Túlio Alves (DEM) e para a surpresa de quem esperava críticas, ele disse que a situação era tranquila, a situação crítica mesmo é só com a previdência municipal que é uma pedra no sapato de quase todas as cidades brasileiras que não estão incluídas no regime geral. 50% dos recursos destinados ao pagamento dos servidores ficam para a previdência em forma dos descontos nos salários.

Visitas e troca de experiências

Na entrevista também, o prefeito falou que tem visitado alguns municípios para conhecer as experiências colocadas em prática e que tem dado certo nessas gestões públicas, na intenção de trabalhar esses modelos na gestão local de Bodocó. Segundo Doutor Otávio, o município de Bodocó é muito carente de infraestrutura e muitos problemas precisam ser resolvidos, como um aterro sanitário para tratamento dos resíduos sólidos e também o saneamento básico, quem sabe o gestor implante na cidade uma usina de asfalto ou até de produção própria de paralelepípedos para dar uma nova cara as ruas da cidade, já que ele se mostrou bastante interessado nesse assunto ao visitar a cidade de Afogados da Ingazeira que tem esse recurso disponível.

Compra de vacinas

Um fato que chamou a atenção ainda na entrevista do médico e prefeito de Bodocó foi o fato de que apesar de ter manifestado e assinado o documento de intenção para compra da vacinas no consórcio encabeçado pela Frente Nacional de Prefeitos, Doutor Otávio disse que não acredita que esse consórcio venha a funcionar. Segundo ele, é mais uma forma de pressionar o governo Bolsonaro para a necessidade de agilidade em comprar mais imunizantes. De acordo com ele, o atual presidente vive em um negacionismo que tem prejudicado a condução do plano nacional de imunização.

Redação AF News/ Política Fabrício Feitosa / Imagem: Reprodução

Sobre o Autor

Araripina em Foco