Pré-candidato do PSOL em Olinda é preso

Por - 12/05/2016
O advogado sindical e
pré-candidato a prefeito de Olinda pelo PSOL, Jesualdo Campos, foi preso na
manhã desta quinta-feira (12) pela Polícia Militar, em frente ao Sindicato dos
Professores da cidade.
A prisão foi feita porque
o advogado exigia à comissão eleitoral do sindicato que cumprisse decisão
judicial de suspender as eleições.
De acordo com a assessoria
de Jesualdo, a prisão é “arbitrária porque o advogado Jesualdo Campos estava no
cumprimento de suas prerrogativas”.

Campos foi conduzido para
a Delegacia do Varadouro, em Olinda, e está sendo amparado pelo advogado Carlos
Barros. A Comissão de Prerrogativas da OAB já foi acionada e também enviou
representante para a delegacia.