Em reunião extraordinária realizada na manhã desta quinta-feira (14), o secretário estadual de Saúde, André Longo se encontrou com o comitê técnico estadual para acompanhamento da vacinação contra a Covid-19. O objetivo foi de sugerir os últimos ajustes para a finalização do plano de operacionalização das atividades em Pernambuco.

O plano de vacinação de Pernambuco segue agora para a pactuação final, que deve ocorrer na próxima segunda-feira (18), na Comissão Intergestores Bipartite (CIB), que reúne as secretarias municipais do Estado.

De acordo com os pontos discutidos pelo comitê, em um primeiro momento a vacina deve priorizar:

• Idosos a partir dos 80 anos e aqueles a partir dos 60 que estejam em instituições de longa permanência
• Profissionais de saúde que atuam em terapia intensiva (UTI) em unidade de referência para a Covid-19
• Populações indígenas aldeadas

Ainda dentro da primeira fase, serão contemplados idosos entre 75 e 79 anos e os demais trabalhadores da área da saúde. O comitê prevê a realização de reuniões periódicas para deliberar as questões necessárias ao longo da campanha.

André Longo destacou que o objetivo do plano é de nortear as ações e garantir a segurança da população. Além disso, a estratégia prevê que os grupos prioritários serão contemplados em todos os municípios do Estado.

“Nós fizemos uma discussão sobre as sugestões de aprimoramento do nosso plano operacional de vacinação aqui em Pernambuco, alinhamos e pactuamos uma série de decisões. Hoje a gente pode dizer que nós temos o plano operativo pronto, que será submetido à Comissão Intergestores Bipartite para que a gente possa efetivamente, a partir da chegada das vacinas, distribuir aos municípios para vacinação do primeiro grupo prioritário”, afirma o secretário estadual de Saúde, André Longo.

JC Online / Imagem: Reprodução