O Prefeito reeleito Raimundo Pimentel do PSL conseguiu obter 23.350 votos válidos sendo o candidato mais votado da história do município. Até então o gestor mais votado tinha sido seu principal rival Alexandre Arraes do PSB que em 2012 conseguiu nas urnas 23.126 uma diferença de 224 votos para o atual gestor. Em terceiro lugar fica o ex-prefeito Lula Sampaio do PTB com 22.223 no ano de 2008.

Se não tivesse acontecido a grande abstenção de votos onde mais de dez mil eleitores deixaram de ir às urnas, o gestor sairia vencedor com um número maior de votos, estimativas já comprovadas nas pesquisas de intenção de divulgadas durante a campanha.

Em sua primeira entrevista que foi concedida na Rádio Arari FM ele disse que nenhuma campanha política é fácil de vencer. Principalmente quando se tem mentiras colocadas no jogo com intenção de prejudicar a imagem dos candidatos. A gestão anterior não foi fácil sendo necessário realizar os ajuste fiscais e reorganizar a máquina administrativa.

Uma das principais ações que contribuiu para a renovação do mandato foi a condução dos trabalho e gestão dos recursos, na qual o mesmo conseguiu manter os pagamentos em dia dos servidores, além da ampliação e construção de escolas nucleadas e construção de quadras poliesportivas nos Distritos. Outro fator determinante para que o mesmo chegasse a essa quantidade de votos foi a excelente articulação no enfrentamento a pandemia do novo coronavírus.

O partido do prefeito o PSL também teve uma bom desempenho nesse pleito onde conseguiu eleger a bancada de situação na Câmara e com duas mulheres mais bem votadas na cidade. Nos próximos dias deve ser apresentado a composição do novo secretariado pelo gestor eleito. Raimundo Pimentel é novamente prefeito de Araripina até 2024.

Redação AF Newss / Imagem: Reprodução