PIB de Pernambuco tem crescimento de 2% em 2014

Por - 04/06/2015

Construção da fábrica da Jeep, em Goiana, puxou o PIB da indústria pernambucana. Foto: Rosália Vasconcelos/DP/D.A Press

O Produto Interno Bruto (PIB) de Pernambuco continua crescendo acima da média
nacional. No ano passado, a soma de todas as riquezas produzidas no estado
fechou com uma alta de 2%. Bem diferente do resultado registrado pelo Brasil,
que foi de crescimento de apenas 0,1%. O resultado foi divulgado na tarde desta
quinta-feira (4) pela Agência Condepe/Fidem.

Entre os setores, a agropecuária foi o que registrou o maior crescimento, com
2,5%. Destaque para a agricultura, que registrou um aumento de 4,6%. Já o setor
de serviços teve alta de 2,3%, com maior representatividade nos transportes e
armazenagem (8,7%). A administração pública registrou crescimento de 2,7% e o
comércio, de 1,2%.

O PIB da indústria pernambucana teve crescimento de 1,5% no ano passado. Segundo
a agência Condepe/Fidem, esse comportamento de alta foi atribuído à expansão de
13,9% dos serviços industriais de utilidade pública (produção e distribuição de
eletricidade, gás e água), em contraponto à queda de 4,5% registrada pela
construção Civil, refletindo a desmobilização dos canteiros de obras de Suape,
e a paralisação das obras de infraestrutura.

Resultado de 2015

Já em relação ao primeiro trimestre de 2015, houve alta de 0,6% na comparação
com o mesmo período de 2014. Mais uma vez, a agropecuária registrou o melhor
desempenho, com alta de 8%. A indústria teve crescimento de 1,7% e o setor de
serviços não teve variação (0%).

O PIB brasileiro do primeiro trimestre registrou queda de 0,2%, divulgou na
semana passada o IBGE. O desempenho negativo foi puxado pelo setor de serviços
e pela indústria, assim como pelo recuo do consumo das famílias e dos
investimentos. 

* Com informações de Rochelli Dantas