Pelo segundo ano consecutivo, merenda escolar de Araripina é premiada pelo Ministério da Educação

A alimentação escolar da rede municipal de Araripina recebeu mais uma premiação do Ministério da Educação (MEC) e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação – FNDE pela sua qualidade. O ato aconteceu na última terça-feira (07), em Brasília/DF, durante o Encontro Técnico de Nutricionistas do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PANE). A Secretaria Municipal de Educação foi representada, no evento, pela nutricionista Jocasta Carvalho – responsável técnica pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar – PNAE.

Na primeira edição, em 2017, Araripina concorreu com 800 escolas dos 24 estados do país e ficou entre as 460 selecionadas para participar do concurso. Ao final da Jornada, que teve como tema norteador a promoção da alimentação saudável e a prevenção da obesidade infantil no ambiente escolar, foram selecionados os 30 melhores relatos de experiências realizadas nas escolas brasileiras, entre elas Araripina. As iniciativas foram reunidas em um livro do MEC.

A edição deste ano foi composta de quatro etapas com os seguintes temas: Comida de verdade na escola; Promovendo a alimentação adequada e saudável no currículo escolar; Propaganda e publicidade de alimentos para o público infantil; Envolvimento da família na alimentação escolar: vamos aprender juntos! Com a temática focada na alimentação regional, Araripina concorreu com centenas de municípios de vários estados brasileiros, entre eles: São Paulo, Rio de Janeiro, Goiás, Tocantins, Santa Catarina, Minas Gerais e outros, ficando entre as 20 melhores, recebendo o prêmio e as experiências publicadas na 2ª edição do livro da Jornada de Educação Alimentar e Nutricional do Ministério da Educação.

Para o prefeito de Araripina, Raimundo Pimentel, o prêmio é motivo de comemoração. “Estamos muito felizes com essa notícia. Pelo segundo ano consecutivo somos reconhecidos como uma das melhores merendas escolares do Brasil utilizando alimentos oriundos da agricultura familiar do município, pois atualmente, estamos comprando mais do que os 30% exigidos pela lei. Isso é motivo de orgulho! O nosso governo devolveu a Araripina o respeito e a autoestima”, finalizou.

Assessoria de Comunicação / Fotos: divulgação

[rev_slider alias="bannerTopo"]