Pandemia aniquilou 7,8 milhões de postos de trabalho no Brasil

A pandemia do coronavírus destruiu 7,8 milhões de empregos no Brasil até o mês de maio, informou nesta terça-feira (30) o IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Do total, 5,8 milhões são de empregos informais. A população ocupada caiu 8,3% na comparação com o trimestre encerrado em fevereiro, indo para 85,9 milhões de pessoas. O mês de maio fechou com taxa de desemprego de 12,9%.

No trimestre anterior, terminado em fevereiro, a taxa de desocupação havia fechado em 11,6%. Maio foi o segundo mês completo com medidas de isolamento social.

Nesta segunda-feira (29), dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) também mostraram que o mercado de trabalho brasileiro fechou mais 331,9 mil vagas em maio. Desde o início das medidas de restrição da pandemia, em março, o total dos postos fechados chega a 1,4 milhão.