OS BASTIDORES DA POLÍTICA

11/07/2016 21h07
Foto Rafael Diniz
O vereador Tico de Roberto
(PRB) se definiu quem vai apoiar para candidato a prefeito em Araripina nas
eleições de 2016. O anúncio foi feito na sexta-feira, 17, em uma emissora de
rádio local com a presença do pré-candidato e médico Aluízio Coelho (PP) e dos
seus correligionários, com exceção de alguns que não concordam com a decisão de
Coelho de aceitar um remanescente do grupo do prefeito na base de apoio de sua
candidatura. A decisão pode afastar alguns pré-candidatos a vereador do grupo
do médico, mas ele conta com a musculatura política dos que chegam para somar e
agregar força para fortalecer ainda mais o seu nome na corrida municipal.
A FAMÍLIA LAGE REFORÇA A
PRÉ-CANDIDATURA DE VALMIR 
FILHO

Foto Ivo
Reunidos no dia 03 de junho
de 2016 também em uma emissora de rádio local, irmãos, primos, o pré-candidato
a prefeito Valmir Filho, o ex-prefeito Valmir Lacerda, a ex-prefeita Dionéia
Lacerda, pré-candidatos a vereador, amigos e correligionários, a Família Lage
finalmente “decidiu” romper os laços com a atual gestão municipal.
O anúncio de apoio a Filho
trouxe muitos depoimentos da Família Lage e tradicionalmente falando os nomes
que são mais notoriamente conhecidos da população, Airton e Dr. Alexandre Lage,
seriam naquele momento os depoimentos mais esperados por aqueles que estavam
atentos ao anúncio público, esperando também, que eles enfatizassem a atual
gestão e a decisão que levou Valmir Filho a romper com o atual prefeito. Não
aconteceu.
Para Alexandre Lage a
escolha que a família fez, é uma opção que olha para o futuro. Que não existe
rompimento familiar (se referindo ao prefeito), mas de forma indignada, lembrou
que em nenhum momento a família foi consultada nas últimas opções políticas
feitas pelo prefeito e que não houve um compromisso em ouvi-los. Já Airton Lage
foi enfático em afirmar que o prefeito tem que estar presente nos problemas da
cidade (?) junto com as comunidades, ouvindo e se fazendo ouvir. Ele garante
que com a entrevista da Família Lage, a população vai começar a refletir e a
olhar para o futuro.
A DIFÍCIL MISSÃO DE CONDUZIR
A POLÍTICA

Os homens da cota especial
do ex-governador Eduardo Campos (PSB) ocupam, atualmente, cargos estratégicos
nas gestões socialistas em Pernambuco, tanto no governo do Estado, quanto na
Prefeitura do Recife: a articulação política. Naturalmente, a função é alvo de
críticas, visto que as negativas são constantes. Porém, a falta de diálogo da
dupla têm amplificado as queixas principalmente contra o Secretário da Casa
Civil, Antônio Figueira, que existem desde o início da gestão Paulo Câmara
(PSB) e voltaram a se intensificar recentemente. As queixas feitas por
deputados estaduais e, sobretudo, prefeitos são no sentido de que o auxiliar do
governador é muito duro nas respostas dos pleitos apresentados no Palácio do
Campo das Princesas. Para muitos a regra é muito básica: é preciso cativar as
lideranças políticas para a Frente Popular não se esfacelar a caminho de 2018.
Eduardo Campos sabia fazer isso muito bem, nem que fosse na base da chibata.
É AGORA EM 30 DE JUNHO?



A espera deve virar
realidade ou frustração para a primeira dama do Município de Araripina e
Assessora Especial do Governo do Estado – Roberta Arraes (PSB) suplente de
deputado. Dia 25 de fevereiro deste ano, no Fórum de Educação no Trânsito, que
aconteceu no Auditório Charles Luciano, em Araripina,PE, a todo momento um
colaborador da gestão Municipal avisava a presença da primeira dama e anunciava
a ilustre com a futura deputada do Araripe. Houve até um momento de “aplausos”
ovacionados por uma pequena plateia de secretários municipais, inclusive um
deles, Breno Ramos, não ocupa mais o cargo e hoje acompanha o pré-candidato e
vice-prefeito Valmir Filho, que é adversário político do prefeito e da dama.
Para ocupar uma vaga na
Assembleia Legislativa do Estado, a primeira dama precisa torcer para que o
governador Paulo Câmara, convoque um ou dois dos deputados da base aliada ou da
coligação, para o seu secretariado. Como em 25 de maio Câmara mexeu em seu
secretariado e houve uma debandada dos aliados do PSDB e do DEM, essa seria a
hora para que a possibilidade de Roberta assumir a tão cobiçada cadeira na
ALEPE fosse concretizada.
Os fogos de artifícios e a
festa de arromba já estão preparados para comemorar. Os araripinenses por
enquanto não tem nada que festejar se caso isso venha a acontecer. A única
coisa que os araripinenses têm a fazer é só lamentar.
Valmir Bezerra, Eliss e
Camilla Sampaio

Três pré-candidatos ligados
por laços familiares que alimenta ainda mais a gana de eleger um, ou dois (nas
previsões do ex-vereador Boba Sampaio) para Câmara de Vereadores. Valmir
Bezerra é casado com a irmã de Eliss, que é esposa de Boba, que é tio de
Camilla Sampaio. É um emaranhado que só podemos entender nessa política de boa
vizinhança que foi deliberada para respaldar as estratégias das velhas raposas
da nossa política local.
ALUÍZIO? VICE DE TIÃO? 
Tem sido um dos comentários
que circulam nas rodas de conversas em Araripina. A ideia surge através dos
seguintes fatos:
·        O ex-prefeito e empresário Valdeir
Batista continua mantendo boas relações políticas com o prefeito de Araripina,
inclusive dois dos seus radialistas, são árduos defensores da gestão municipal
e a emissora voltou a propagar as ações do governo Municipal;
·        O vereador Tico de Roberto vem para o
grupo de Aluízio Coelho como ponte para o negócio e o próprio Divanágoras
Holanda que era cogitado para ser o vice com Coelho, sempre aparece feliz nos
eventos do Governo Municipal.
Matéria de O Grande Jornal
do mês de Junho

Sobre o Autor

Allyne Ribeiro