Nua na rua com uma faca, mulher diz que matou namorado sem perceber

Portugal – Uma mulher de 23 anos acusada de matar o namorado disse que durante o crime não percebeu que havia assassinado o parceiro. Bruna Gonçalves esfaqueou Luis Rodrigues, de 21 anos, após uma discussão em outubro de 2017, depois que decidiu sair de casa de madrugada.

Sobre a noite do crime, ela relatou chorando em juízo que saiu de casa transtornada só de toalha com uma faca para furar os pneus do carro da vítima. Ela conta que Luis a surpreendeu e tirou a toalha a deixando nua na rua.

Ao tentar entrar de volta na casa, com uma faca na mão, foi impedida pelo namorado. Ela alega que deu um golpe profundo no peito de Luis Rodrigues quando os dois estavam em luta corporal. Mas, diz que só percebeu que o homem estava gravemente ferido, quando ele pediu ajuda.

Nem percebi que o matei, nem sequer que o tinha machucado”, repetiu várias vezes a operadora de caixa de supermercado ontem, segunda-feira (09), ao canal de TV português, Correio da Manhã. A jovem está presa preventivamente e começou a ser julgada no Tribunal de Guimarães, em Portugal. O julgamento prossegue nesta terça-feira.

A mulher também negou várias vezes que tenha lavado a faca usada no crime.

O Ministério Público aponta que Bruna é possessiva e controladora e que a jovem tinha histórico de agressões contra o parceiro motivadas por ciúmes. Ela nega e alega que as mensagens destacadas pela acusação foram descontextualizadas. A acusada diz que era vítima de ciúmes do companheiro. Bruna diz que Luis a agredia verbalmente, censurava sua roupa e que se afastou dos amigos por causa dele.

Istoé/Foto:Divulgação