No Maranhão, mãe tortura, quebra membros, estupra e mata a filha de apenas 3 anos

Uma mulher foi presa em São Domingos do Maranhão, estado do Maranhão, após torturar, quebrar membros, estuprar com um cano e em seguida matar sua própria filha de apenas 3 anos.

A acusada, identificada como Deilândia dos Santos Assunção, de 19 anos, cometeu o crime no dia 17 de fevereiro e tentou ser linchada pela população local, mas a Polícia Militar interviu na ação. Consta no depoimento da acusada que, ela assassinou a sua filha porque ela ultimamente estava muito inquieta, chorava muito e, no dia do crime, ela teria defecado na roupa.

Deilândia está presa e a disposição das medidas judiciais cabíveis.

Redação Rômulo Barros/AF Newss/Foto: Reprodução.