Municípios de Pernambuco antecipam prazo para aplicação da segunda dose da AstraZeneca

07/07/2021 12h05

Prefeituras de cidades pernambucanas como Jaboatão dos Guararapes e Olinda, na Região Metropolitana do Recife (RMR), Petrolina, no Sertão, e Belo Jardim, no Agreste, anunciaram a redução para 60 dias do prazo de aplicação da segunda dose da vacina contra a Covid-19 da AstraZeneca/Fiocruz.

A medida busca acelerar a cobertura vacinal no Estado e foi autorizada pelo Governo de Pernambuco, após reunião com a Comissão Intergestores Bipartite Estadual de Pernambuco. Na terça-feira (6), o Recife também divulgou a antecipação na cidade.

Em Jaboatão dos Guararapes, a prefeitura informou que irá realizar dois mutirões para aplicar as segundas doses da vacina da AstraZeneca em quem já recebeu a primeira.

De acordo com a gestão municipal, as ações serão nos dias 17 e 24 de julho.

Em Olinda, quem tomou a primeira dose há, pelo menos, 60 dias, já pode se dirigir ao mesmo ponto de vacinação para receber a segunda.

De acordo com a Fiocruz, responsável pela produção da vacina AstraZeneca no Brasil, a segunda dose do imunizante pode ser administrada em um intervalo de quatro a 12 semanas (entre 30 e 90 dias) após a primeira dose. 

Dessa forma, a antecipação da dose de reforço para 60 dias não compromete a eficácia da vacina. 

Segundo o secretário estadual de Saúde, André Longo, a medida é indicada pelos fabricantes da vacina e visa a acelerar o processo de imunização da população. O secretário ressalta que cada município deverá agendar a segunda dose de acordo a disponibilidade local. Podendo ser entre 60 e 90 dias. 

“Essa decisão foi balizada pelo nosso comitê técnico científico estadual. Cada município deverá informar o período para marcação da segunda dose, levando em consideração a sua operacionalização vacinal e seus estoques”, informou o secretário.  

Petrolina
Em Petrolina, no Sertão do Estado, quem tomou a primeira dose da vacina da AstraZeneca em abril deve procurar os polos de vacinação entre esta quinta-feira (8) e o sábado (10). Para quem se vacinou em maio, a segunda dose estará disponível entre o domingo (11) e a segunda-feira (12). Não é necessário fazer agendamento.

O município irá disponibilizar quatro polos: Centro de Convivência do Idoso Mimi Cruz, no Alto do Cocar; Escola 21 de Setembro, no José e Maria; e Sesi, na Vila Mocó. Por meio de drive-thru, a vacinação será na Avenida Principal da Vila Eulália.

Belo Jardim
Em Belo Jardim, no Agreste do Estado, a prefeitura também anunciou a redução do prazo da segunda dose da AstraZeneca para 60 dias.

Segundo a Secretaria de Saúde do município, a população que já recebeu a primeira dose será convocada para a segunda aplicação. 

“A imunização seguirá um cronograma baseado na quantidade de doses em estoque e também na quantidade de lotes que serão recebidos nos próximos dias”, informou a prefeitura.

Para o início desta etapa, Belo Jardim convoca as pessoas que tomaram a primeira dose da AstraZeneca entre os dias 13 e 20 de abril. 

Este público deve comparecer ao Centro de Vacinação Covid da cidade munido de RG, CPF e o cartão de vacina. A vacinação acontecerá desta quarta-feira (7) até sexta-feira (09).

O Centro de Vacinação Covid fica localizado na rua Tito de Barros Correia, na quadra do Colégio Donino.

Vacinação em Pernambuco
Dados da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) atualizados na noite de terça-feira (6) indicam que Pernambuco tem 16,17% de sua população adulta com a cobertura vacinal completa – quem já recebeu a segunda dose ou a vacina de dose única.

Ao todo, 3.260.510 primeiras doses foram aplicadas, bem como 1.097.846 segundas doses e 70.579 vacinas de dose única.

O total de doses aplicadas soma 4.428.935.

Por Portal Folha de Pernambuco

Sobre o Autor

Araripina em Foco