Um crime estúpido e brutal chocou os moradores da cidade de Jupi, no Agreste de Pernambuco, localizada a cerca de 20 km de Garanhuns.  Uma deficiente física foi morta a tiros dentro de sua própria casa durante um assalto ocorrido por volta das 19 horas desta quarta, 24 de fevereiro de 2021, na Rua Cândido Viana, no centro da cidade. Trata-se de Cleonice Ana da Silva, de 35 anos. 

Cleonice e a família estavam em uma residência quando foram surpreendidas por um homem armado e com capacete na cabeça. Bastante truculento, ele anunciou o assalto e passou a exigir que os moradores entregassem seus celulares. Ainda segundo os parentes, Cleonice, por ser deficiente física, não teria como ter atendido a exigência do assaltante. Em uma ação covarde, o indivíduo executou dois disparos de arma de fogo contra a vítima, que atingiram seu rosto. Ele fugiu em seguida levando dois aparelhos celulares.  

Cleonice foi levada às pressas para o hospital, mas faleceu em decorrência dos ferimentos.  Ansiosa por dar uma resposta a sociedade de Jupi e colocar atrás das grades o autor do latrocínio, as Polícias Civil e Militar estão em diligência desde ontem na tentativa de localizar o criminoso. Segundo informações, após atirar na deficiente, ele contou com a ajuda de um comparsa e fugiu em uma moto. 

Câmeras de segurança flagraram os dois indivíduos em fuga e podem ser úteis à polícia na localização dos criminosos. O corpo da vítima foi enviado ao IML, em Caruaru.

Agreste em Alerta