Mais um caso de violência contra motoristas de aplicativo é registrado em Pernambuco, um dia após o caso do estupro da motorista de aplicativo na Zona Oeste do Recife. Thiago Santos Feliciano Vicente, 30 anos, foi baleado na cabeça. O crime teria ocorrido na entrada de Várzea Fria, no município de São Lourenço da Mata.

A vítima foi socorrida com vida para o Hospital da Restauração. Segundo a assessoria de imprensa da unidade, o paciente já passou por cirurgia e se recupera na enfermaria. Seu estado de saúde é estável. 

O crime acende o alerta para a insegurança que passou a fazer parte do dia a dia desses trabalhadores em Pernambuco. “A gente lamenta muito o ocorrido e ao menos tempo ficamos muito preocupados, porque em pouco mais de 24h do crime coma parceria Adélia, mais um parceiro é vírima de violência. A Associação está prestando toda a solidareiedade à parceira Adélia e agora a esse parceiro”, disse Thiago Silva, presidente licenciado da AMAPE – Associação dos Motoristas e Motofretistas por Aplicativos de Pernambuco.

Thiago cobra mais atenção das empresas e do poder público para melhorar a segurança da categoria. “Sempre cobramos das empresas – Uber, 99pop e InDrive – e também do poder público mais segurança. A gente se posiciona sempre cobrando cadastros mais robustos, a obrigatoriedade de um cadastramento de um documento oficial com foto do passageiro. A foto desse passageiro e também reconhecimento facial no momento dessa solicitação. Cobramos uma ação conjunta entre as empresas e o poder público”, cobrou Thiago.

“Todo dia e todo momento a gente escuta relatos e informações de motorista s que foram assassinados, baleados e assaltados e agente lamenta e não sabe mais o que fazer. Esperamos que as empresas possam ouvir as nossa voz, ouvir o nosso clamo e atender os nossos pedidos. O foco tem que ser preservar vidas”, conclui o presidente da associação. 

O crime

A Polícia Civil de Pernambuco registrou tentativa de roubo seguido de morte de um homem, de 31 anos, ocorrida na madrugada desta terça-feira (22) no Bairro Várzea Fria, em São Lourenço da Mata. O homem deu entrada no Hospital Petronila Campos e depois foi transferido para o Hospital da Restauração. De acordo com relatos, o homem teria se identificado como motorista de aplicativo e estava em seu carro, próximo ao terminal de ônibus, quando chegou um outro homem a pé e anunciou assalto. Ainda de acordo com relatos, o homem reagiu e foi alvejado por arma de fogo. O caso está em investigação pela 10a Delegacia de Polícia de Homicídios – São Lourenço da Mata, sob a responsabilidade do delegado Daniel Lira. 

Folha de PE / Imagem: Reprodução