Ministro diz que Cunha cometerá crime de responsabilidade se não prosseguir com pedido de impeachment contra Temer

06/04/2016 11h17
O ministro Marco Aurélio
Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse que o presidente da Câmara,
Eduardo Cunha (PMDB-RJ), irá cometer crime de responsabilidade se não cumprir a
decisão do início da tarde desta terça-feira, 5, que determina o prosseguimento
do pedido de impeachment contra o vice-presidente da República, Michel Temer.

“É impensável que não se
observe uma decisão do Supremo. A decisão não é do cidadão Marco Aurélio, é do
Supremo e deve ser observada”, disse o ministro. Questionado o que acontecerá
se o deputado não seguir a determinação da Justiça, o ministro respondeu: “É
crime de responsabilidade e sujeito a glosa penal”. Leia mais aqui>>>

Sobre o Autor

Allyne Ribeiro