Lionel Messi está decidido a deixar o Barcelona nos próximos dias. Ao menos é o que informa a emissora argentina TyC Sports. A notícia cai como uma bomba em meio ao processo de renovação da equipe. De acordo com a reportagem da TyC, o camisa 10 enviou uma carta ao clube espanhol hoje com a solicitação, que acontece dias depois de uma conversa com o novo técnico da equipe, Ronald Koeman. A ESPN da Espanha diz que também recebeu a informação.

O jogador, que está desde os 13 anos na Catalunha, pretende exercer a cláusula que o permite sair de graça após o término de cada temporada – neste ano, devido à paralisação por coronavírus, este prazo poderia ser prorrogado até o fim do mês.

Caso a saída se confirme nos próximos dias, há dois favoritos para acertar com Messi: Inter de Milão e Manchester City.

O clube italiano foi o primeiro a se manifestar a respeito de uma possível contratação do argentino. Comandada por chineses, a Inter está elaborando um projeto de grandes proporções para ter o atual melhor jogador do mundo.

Nas últimas semanas, inclusive, a imprensa europeia cravou que o pai de Messi comprou uma casa em uma região luxuosa de Milão, fato que aumentou os rumores.

Já o City, do técnico Pep Guardiola, está avaliando os custos para contratar o argentino. A diretoria inglesa trabalha com o máximo de cautela para não descumprir o fair play financeiro, medida que já acabou violando e lhe rendeu uma punição pela Uefa – o clube foi absolvido meses depois.

Alguns jornais europeus também apontam o Manchester United, o PSG e até a Juventus, de Cristiano Ronaldo, entre os cotados para uma transferência.

Considerado o maior ídolo da história do Barcelona, Messi tem mais de 600 gols com a camisa do clube espanhol. Até hoje, foram 34 campeonatos conquistados.

Do UOL