Menino de 9 anos que estava desaparecido é encontrado morto

15/10/2015 14h38
Foi encontrado no final da tarde da quarta-feira (14),
o corpo de Wallison Pedro Souza de Sá, de 9 anos, que estava desaparecido desde
a última segunda-feira (12). Foi localizado por populares, que acionaram a
polícia. Ele estava em um canal no bairro Antônio Cassimiro, Zona Norte de
Petrolina, no Sertão de Pernambuco.
Segundo informações da família, Wallison Pedro sumiu
enquanto brincava de skate, em frente a casa da avó, no bairro Vila Mocó, Zona
Central da cidade. O pai do garoto, o gesseiro José Ricardo Pereira de Sá de 43
anos, disse que ele foi visto pela última brincando próximo ao Colégio João
Barracão que fica no mesmo bairro.
A queixa do desaparecimento foi prestada pela mãe do
menino, Maria dos Anjos, na 213ª Delegacia de Polícia Civil, depois que o
garoto não voltou para casa. Ele vestia apenas um short preto quando sumiu.
Mesma roupa com que foi encontrado pelos policiais.
José Ricardo, pai de Wallison, chegou no local antes do
IML e manteve a esperança até o último momento. “Pelas características,
está batendo com as dele. O short, o cabelo, o jeito, parece que é ele. Mas,
vamos esperar virar o corpo para a gente ver”, disse.
Assim que os familiares reconheceram o corpo, o pai
desabafou. “Vamos achar quem fez isso. Judiaram dele. Tenho nem palavra.
Não sei nem o que falar. Tinha tanta gente procurando todos esses dias. Não sei
como alguém é capaz de fazer uma maldade dessas”, comentou.
De acordo com o Instituto Médico Legal (IML) de
Petrolina, tudo indica que o garoto foi morto por asfixia e jogado no canal.
Pelas características do corpo, o IML acredita que o menino estava morto há
dois ou três dias.

A delegada responsável pelo caso, Polyanna Nery, disse
que até o momento não é possível divulgar nome de suspeito, mas que a Polícia
Civil (PC) está trabalhando no caso. A polícia aguarda ainda o resultado da
perícia que vai confirmar a causa da morte do garoto.
(Foto:
Reprodução / Arquivo Pessoal)

Sobre o Autor

Allyne Ribeiro