A Polícia Civil e a Polícia Militar desencadearam durante toda a manhã desta sexta, 19 de março, a oitava fase da Operação Entre Eixos. A ação tem como objetivo combater no âmbito do Agreste Meridional os crimes de homicídio, roubo, estupro, tráfico de drogas, posse irregular de arma de fogo, e violência doméstica. Nessa oitava fase foram realizadas diligências nas cidades de Garanhuns, Brejão, Paranatama,  Correntes, Águas Belas e Jurema. 

RESULTADOS:

PRISÕES

Foram cumpridos 11 mandados de busca domiciliar, 2 mandados de prisão, sendo um em  Brejão por violação reiterada em crimes da lei Maria da Penha e o outro em Correntes – homicida). Em Brejão foi preso  por violência doméstica, Laércio Fabiano da Silva, 35 anos. Já em Correntes a operação prendeu por força de mandado, Marlos Ferreira da Silva, de 44 anos, vigilante. 

Também foi realizada a prisão em flagrante de 01 (um) homem por posse irregular de arma de fogo em Jurema.Todos serão apresentados em audiência de custódia em Garanhuns.

 APREENSÕES: 

Foram apreendidos: 3 munições cal. .38  em Jurema, 02 (dois) celulares e 01 (um) notebook  em Garanhuns relacionados a crime contra a dignidade sexual de uma mulher.

MAIS DE MEIO MILHÃO DE REAIS FORAM APREENDIDOS EM ÁGUAS BELAS.

Em Águas Belas em uma residência no centro da cidade foram apreendidos duas espingardas cal. 12 e 16 cartuchos do mesmo calibre, 38 gramas de maconha, três celulares e mais de R$ 525 mil reais em espécie (mais de meio milhão de reais).

O dinheiro estava em poder de um homem de 49 anos que é agricultor. Perguntado sobre origem da vultuosa quantia, ele disse que era proveniente de seus negócios tais como abatedouro de frango e atividades pecuárias, mas segundo informações apuradas pela nossa redação, a polícia apreendeu o dinheiro porque tem indicativos claros de que se trata de dinheiro oriundo de fraudes ao INSS. 

A Operação Integrada foi supervisionada pela 18ª Desec e coordenada pelos delegados da 1ª DP de Garanhuns, 143 DP de Águas Belas, 150 DP de Paranatama, 144 DP de Correntes,154 DP  e 146 DP de Jurema. 30 Policiais Civis, entre delegados(as), Agentes e Escrivães  e 21 PMs participaram da ação.

Agreste em Alerta