Incêndio destrói mais de 40 cisternas de plástico do programa de combate a seca no PI

Por - 13/11/2015
Incêndio em depósito destrói mais de 40 cisternas em Batalha (Foto: Célio Júnio/ Arquivo Pessoal)
Mais
de 40 cisternas do Programa Nacional de Apoio à Captação de Água da Chuva e
Outras Tecnologias foram destruídas por um incêndio por volta das 12h da quinta-feira (12), no município de Batalha, a 154 km ao Norte de Teresina.
De
acordo com o sargento Messias Machado, comandante da Policia Militar da cidade,
ainda não se sabe as causas do ocorrido e os policiais juntamente com moradores
da região se uniram para controlar as chamas.
“O
terreno ficava a 200 metros da última casa da cidade e não sabemos como isso
começou. Fomos acionados por moradores e quando chegamos as chamas já estavam
bem intensas. Fizemos a retirada das cisternas que ainda não tinham sido
atingidas e logo em seguida fizemos o controle do fogo com a ajuda dos
populares”, contou.
Os
reservatórios eram de polietileno, material inflamável, e ficavam armazenadas
em uma propriedade privada, protegido por um muro. A polícia investiga se o
incêndio foi criminoso. As chamas só foram controladas por volta das 14h e
ninguém se feriu.
Uma
perícia foi realizada no local e o caso será investigado pela Polícia Federal
porque os equipamentos fazem parte de um programa do Ministério da Integração
Nacional, do governo federal.
Em
nota, a assessoria do Ministério da Integração Nacional relatou que os
reservatórios estavam na responsabilidade de uma empresa privada e que o
deslocamento das cisternas é feita pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales
do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf).
As
cisternas estocadas estão na responsabilidade da Dalka. A empresa informou à
Codevasf, que trabalha no deslocamento para outro pátio das cisternas que não
foram atingidas pelo incêndio. Também informou que fará a substituição das
cisternas danificadas e que nenhuma família deixará de ser beneficiada.

Fonte:
G1 Piauí