Humberto crê que governo vai recuperar base e “enterrar” impeachment de Dilma

06/04/2016 10h27
O senador Humberto Costa
(PT-PE) avaliou, em pronunciamento no Plenário nesta terça-feira (5), que a
proposta de impeachment da presidente Dilma Rousseff está perdendo força. Para
ele, a ideia de realizar novas eleições presidenciais é um reconhecimento de
que o impeachment sem base legal é uma ruptura do regime democrático e a
sucessão de Dilma só será legítima se for feita pelo voto.
Humberto Costa acredita
que a proposta de encerramento precoce do governo Dilma “cairá no vazio” por
falta de respaldo legal e por tentar abreviar um mandato constitucional.
Ao manifestar sua certeza
de que o governo conseguirá recompor a base parlamentar e “enterrar” o
impeachment na Câmara, o senador cumprimentou o advogado-geral da União, José
Eduardo Cardozo, por sua argumentação contra o afastamento de Dilma Rousseff.

Segundo a Agência Senado,
Humberto Costa também enfatizou a determinação do governo em superar as
dificuldades econômicas, mas frisou que tal esforço depende do diálogo com
todos os setores da sociedade empenhados em tirar o país da crise. (fonte:Notícias ao Minuto/foto reprodução)

Sobre o Autor

Allyne Ribeiro