Um homem que estava internado no Hospital Municipal Antônio Teixeira Sobrinho (HMATS), em Jacobina, fugiu após ser comparado ao retrato falado do suspeito de matar a menina Beatriz Angélica Mota Ferreira da Silva, de 7 anos, em dezembro de 2015, em um colégio particular de Petrolina (PE).

Segundo informações colhidas pelo Jacobina Notícias, uma pessoa que estava no hospital achou o indivíduo parecido com o suspeito do retrato falado divulgado recentemente e acionou a PM. O homem, que estava sem documentos, ao saber que policiais militares estavam a sua procura, fugiu da unidade pulando o muro de acesso à Clínica de Hemodiálise.Viaturas da Polícia Militar fazem rondas nesse momento para capturar o homem e checar o motivo pelo qual ele fugiu e se tem envolvimento com a morte da criança. Quem vir esse homem das imagens, deve acionar a polícia imediatamente. A fuga aconteceu por volta das 15h20.

Fonte: Jacobina Notícias