Homem é preso em operação contra ataques racistas a Taís Araújo e Maju

17/03/2016 07h16
Tiago Zanfolim Santos, 26
anos, suspeito de integrar uma quadrilha que pratica crimes de racismo e
injúria foi preso nesta terça-feira, 15, em Civil de Brumado (BA), durante
operação da Delegacia de Polícia Civil de Repressão a Crimes de Internet (DRCI)
do Rio de Janeiro.
A quadrilha é suspeita de
ser autora de comentários racistas publicados no Facebook contra a atriz Taís
Araujo e a jornalista Maria Júlia Coutinho.
Tiago foi preso em casa e
deverá responder pelos crimes de injúria racial, racismo e associação criminosa.
Segundo a Polícia Civil de Brumado, Tiago é suspeito de integrar um grupo que
se organiza para fazer comentários racistas nas redes sociais. De acordo com a
Polícia Civil de Brumado, ele trabalha em uma loja de venda e manutenção de
equipamentos de informática.
A operação de combate ao
crime de injúria racial é realizada pela Delegacia de Repressão a Crimes de
Informática (DRCI), do Rio de Janeiro. De acordo com a investigação, as ofensas
nas redes sociais contra Taís Araujo e Maju foram premeditadas.

Os ataques racistas contra
a jornalista Maju foram alvo de comentários racistas na página oficial do
Jornal Nacional em julho de 2015. Já os comentários contra Taís Araújo foram
feitos no perfil oficial da atriz, no final de outubro de 2015.   Fonte G1 l 

Sobre o Autor

Allyne Ribeiro