A tão sonhada estrada de Lagoa do Barro sofre mais uma rasteira, o povo daquele distrito há anos sonham com essa pavimentação.

Na tarde desta terça-feira (13/10), a Procuradoria Geral do Estado de Pernambuco por meio de um ofício em nome do Departamento de Estradas e Rodagem – DER/PE enviou um ofício a CODEVASF – Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco,  requerendo que o órgão federal se abstenha de iniciar ou executar obra que liga a BR-316 ao distrito de Lagoa do Barro.

O ofício deixa claro que a CODEVASF não pode dar início à execução da obra ou de realizar qualquer tipo de intervenção na rodovia.

Em 2018 o Governador Paulo Câmara (PS), em um ato político na cidade de Araripina, garantiu que a obra teria início em 30 dias, só que até hoje nada saiu do papel, na verdade, nem chegou a ir pro papel.

Dias atrás a deputado estadual Roberta Arraes (PP), anunciou que esteva destinando uma emenda em torno de R$ 500 mil para a obra, só que a obra está orçada em R$ 7, 5 milhões.

Vendo que as promessas não iriam ser cumpridas, o presidente Câmara Evilásio Mateus (PSL) juntamente com o prefeito Raimundo Pimentel (PSL), usaram a amizade e boa relação política que eles tem com o deputado federal Fernando Filho e com o Senador Fernando Bezerra Coelho e conseguiram através da CODEVASF a execução da obra.

Veja o ofício

O triste dessa história é saber que o povo de Lagoa do Barro vai sair perdendo por conta de uma mesquinhez política de pessoas que não querem ver a cidade crescer.

Lembrando que em Araripina existe 4 equipamentos públicos administrados pelos aliados do Governo do Estado que estão em ruinas: Pousada do Araripe, Centro Tecnológico, Aeroporto e Rodoviária.

AF News/Redação/Foto: Reprodução