Goleiro Bruno recebe proposta de clube da 3ª divisão do campeonato mineiro

O goleiro Bruno, ex-Flamengo, pode voltar aos campo logo em breve. Condenado há 20 anos de prisão pelo assassinato da modelo Eliza Samudio. Bruno cumpre regime semiaberto domiciliar desde 18 de julho. O goleiro recebeu uma proposta do Poço de Caldas FC, o clube vai disputar a 3ª divisão do campeonato Mineiro.

Bruno vai precisar de uma autorização da justiça para cumprir o compromisso com a equipe de Poço de Caldas, já que ele tem que dormir em Varginha cidade onde mora atualmente todos, por conta do semiaberto.

Em entrevista ao GloboEsporte.com, a advogada Mariana Migliorini, que representa o goleiro, afirma que os detalhes devem ser costurados até o fim de semana. Migliorini explica ainda que o objetivo é que Bruno continue morando em Varginha, mas obtenha permissão para treinar em Poços de Caldas.

Essa não é a primeira vez que um clube brasileiro abre as portas para Bruno após a condenação. Em março de 2017, o Boa Esporte contratou o jogador. Na ocasião, a polêmica transação de Bruno provocou a saída de vários patrocinadores do clube e também vários protestos em Varginha.

Ele chegou a treinar e até a jogar. Na estreia, no hexagonal final do Campeonato Mineiro, equivalente à segunda divisão estadual, o Boa Esporte empatou por 1 x 1 com o Uberaba. O goleiro cometeu o pênalti que rendeu ao time visitante o seu gol na partida.

AF Newss/Foto: Reprodução