Francisco Jaques quer encontrar sua família em Araripina, PE

Mais uma história que o nosso site tenta fazer com que tenha um final feliz, dessa vez vamos contar um pouco da vida do araripinense Francisco Jaques. Seu Francisco saiu de Araripina, no interior de Pernambuco, no ano de 1970, era jovem, tinha apenas 24 anos e foi morar no Mato Grosso do Sul.

Seu Francisco conta que sua mãe morreu quando ele era muito pequeno, e que foi criado pelos avós. Os nomes do pai e da mãe era: Francisco Gonçalves da Silva e Ana Jaques Coelho, o nome do Avô ele só recorda que era “Nilo” e também de sua esposa, dona Josefa, também lembra de um tio por nome João Barreto de Alencar e de sua esposa Maria. O local onde eles moravam era no Sítio Minador, zona rural de Araripina.

Ele revela ainda que tinha três irmãs mulheres e dois homens, mas só lembra o nome de um dos seus irmãos, que era o “José“. Ele disse ainda que seus irmãos o chamavam de ‘Francisquinho“. – “Era um apelido carinhoso, eu me recordo disso”, conta ele.

Seu Francisco tem 73 anos, mora em Mato Grosso do Sul, na cidade de Bela Vista, cidade que faz divisa com Paraguai. Ele tem duas filhas, Rosenir Jaques da Silva e Rosineide Jaques da Silva, são casadas e tem sua própria vida.

“Me sinto sozinho, queria apenas ter o contato de alguém da minha família em Araripina, faz 50 anos que fui embora e queria apenas saber de alguma notícia, conhecer os familiares que não conheço. Também queria ir passear, mas tudo está nas mãos de Deus, só peço que me ajudem a encontrar minha família” disse Seu Francisco.

Contato de Seu Francisco: (67) 98457-2420 WhatsApp / Contato Sobrinha dele: (67) 9609-3094

Nossa redação agradece a todos que poderem compartilhar essa matéria e também pedimos as pessoas que forem entrar em contato com o Seu Francisco Ligar para o número acima ou ligar pelo WhatsApp, pois o seu Francisco não sabe ler.

AF News/Redação/Foto: Renato Carvalho