FIEPE inicia escutas para o planejamento de 2017 no Sertão do São Francisco

Por - 12/07/2016
Já começaram as escutas
regionais para a elaboração do planejamento e orçamento 2017 da Federação das
Indústrias de Pernambuco (FIEPE). Na reunião mensal do Conselho Empresarial da
Unidade Regional do Sertão do São Francisco (URSF), nesta segunda-feira (11) em
Petrolina – PE, o gerente do Núcleo de Planejamento, Gestão e Tecnologia da
entidade, Israel Erlich deu início a construção do documento analisando, junto
com os conselheiros, as oportunidades, ameaças, pontos fortes e fracos, além
dos principais desafios para o ano que vem.
De acordo com Erlich, a ação
visa planejar os passos futuros da Unidade em comunhão com o mapa estratégico
da FIEPE, que é baseado em quatro pilares: desenvolvimento sustentável,
satisfação dos clientes, valorização dos colaboradores e diálogo com a
sociedade. Depois de vários encontros, ajustes e validação, o documento será
finalizado e apresentado no próximo dia 7 de novembro, durante uma reunião do
Conselho Empresarial.
Segundo o diretor regional
da FIEPE, Albânio Nascimento, o desenvolvimento desse trabalho vem apresentando
bons resultados para as indústrias no Sertão do São Francisco.  “Com o planejamento estratégico de 2016, por
exemplo, tivemos avanços significativos no índice de sustentabilidade financeira,
melhoria da competitividade entre as indústrias e consolidação da FIEPE no
interior. São ainda exemplos claros as capacitações, o mapeamento das
indústrias e o enfrentamento aos problemas ambientais na região”, enumerou.

Ao final da reunião, o gerente
da FIEPE URSF, Ricardo Miranda, destacou também algumas ações previstas para o
2º semestre de 2016.  “São ainda
resultados das demandas do Conselho para este ano, a realização de vários
cursos, palestras e um Seminário sobre sustentabilidade ambiental, que deverá
acontecer já em novembro”, finalizou Miranda, convidando os conselheiros para a
próxima reunião, que acontecerá no dia 8 de agosto, às 12h30, na sede da
Unidade (Centro de Convenções Senador Nilo Coelho).