terça-feira, outubro 19, 2021
InícioAraripina em FocoFIEPE e Neoenergia lançam programa de eficiência energética para a indústria

FIEPE e Neoenergia lançam programa de eficiência energética para a indústria

Em busca de um setor produtivo cada vez mais competitivo, a FIEPE, a Neoenergia Pernambuco, o SENAI-PE e o SEBRAE-PE lançam, no próximo dia 21 de setembro, o programa de eficiência energética Mais Energia, Menos Custos. A iniciativa irá permitir que as indústrias pernambucanas possam receber, de forma gratuita, um pré-diagnóstico no qual constará seu perfil de consumo e estimativa de redução de desperdícios com a otimização do uso da energia elétrica no processo produtivo. A ideia do projeto é atender indústrias de vários segmentos e regiões, de todos os portes, desde que sejam consumidoras do mercado cativo de energia elétrica.

A iniciativa surge em um momento de reajuste na bandeira tarifária de energia elétrica, o que impacta diretamente nos custos da atividade produtiva. Vale ressaltar que, segundo dados da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), o consumo de energia elétrica pode ser responsável por 40% dos custos de produção de uma indústria, a depender do segmento de atuação. “A energia elétrica é um insumo essencial e encontrar formas de utilizá-la com mais consciência significa, também, aumentar nossa competitividade. A nossa pretensão é conseguir mostrar aos empresários que é possível reduzir esse custo por meio do melhor uso da energia elétrica”, explica a diretora regional do SENAI-PE, Camila Barreto.

Por meio dessa parceria, a Neoenergia Pernambuco irá entregar ao SENAI-PE a base histórica do consumo energético das indústrias solicitantes, o que possibilitará a construção do pré-diagnóstico e a identificação do potencial de redução. “A Neoenergia Pernambuco sempre trabalhou em busca de oferecer todo o suporte para o crescimento econômico do Estado. Nossa intenção neste projeto é disponibilizar os dados necessários e trabalhar para encontrar soluções inteligentes, viáveis e rápidas para garantir o menor impacto possível da fatura de energia elétrica no orçamento dessas indústrias. Acreditamos que, desta forma, estaremos contribuindo diretamente para a manutenção das empresas e dos empregos gerados por elas, proporcionando um retorno mais célere do nosso cenário econômico aos patamares anteriores à pandemia”, afirmou o presidente da Neoenergia Pernambuco, Saulo Cabral.

Com esses dados em mãos, o empresário poderá viabilizar a elaboração de um projeto de Eficiência Energética. Nesse caso, a micro e pequena indústria poderá contar com o subsídio de 70% do programa SEBRAETEC e pagará a contrapartida restante. “O Programa Mais Energia, Menos Custos chega em um momento importante devido à crise hídrica vivenciada no país. Viabilizar soluções para as pequenas indústrias é um compromisso que temos com a sustentabilidade desses negócios. O SEBRAE participa com uma parcela que prevê soluções inovadoras para impulsionar a eficiência energética nas empresas”, destaca Francisco Saboya, superintendente do SEBRAE-PE.

Empresas de médio e grande porte também poderão aderir ao programa em outras duas modalidades: por um contrato convencional. Para adesão em qualquer uma das modalidades, as indústrias interessadas no projeto deverão acessar a página do programa pelo endereço: https://mkt.pe.senai.br/programa-de-eficiencia-energetica

SERVIÇO

Lançamento do Programa Mais Energia, Menos Custos

Dia: 21 de setembro (terça-feira)

Horário: 17h

Acesso: youtube.com/senaipernambuco

Adesão ao programa: https://mkt.pe.senai.br/programa-de-eficiencia-energetica

Participantes:

Ricardo Essinger – Presidente da FIEPE e do Conselho Regional do SENAI-PE

Saulo Cabral – Presidente do Grupo Neoenergia Pernambuco

Camila Barreto – Diretora Regional do SENAI-PE

Francisco Saboya – Superintendente do SEBRAE

RELACIONADOS
- Advertisment -spot_img