O Facebook anunciou nesta terça-feira (25) que está acelerando os planos para internacionalizar sua aba de notícias, conhecida como Facebook News, na qual a rede social remunera os editores pelas histórias publicadas.

A aba, que começou a funcionar no fim do ano passado nos Estados Unidos, se estenderá nos próximos seis meses a outros países, entre os quais poderiam estar Brasil, Grã-Bretanha, França, Alemanha e Índia.

“Em cada país, pagaremos aos editores de notícias para nos assegurarmos de que seu conteúdo esteja disponível no novo produto”, disse a vice-presidente de alianças do Facebook Global News, Campbell Brown, em uma postagem em um blog.

“Continuaremos criando novos produtos e realizando investimentos globais para ajudar a indústria de notícias a construir modelos comerciais duradouros”, emendou.

O Facebook News teve um “bom começo” nos Estados Unidos e gerou um importante tráfego on-line para os editores de notícias, segundo Brown.

“Baseando-nos neste progresso, estamos acelerando nossos planos para nos expandir internacionalmente”, acrescentou.

As agências de notícias e produtores de conteúdos informativos buscam novas formas de ganhar dinheiro na medida em que a receita com publicidade e a atenção das pessoas se deslocaram para o ciberespaço, onde muitas vezes as histórias estão disponíveis de forma gratuita, uma dinâmica criticada pelos editores.

“A inovação é fundamental para construir um ecossistema de notícias sustentável”, disse Brown.

Fonte: Facebook/Foto:Reprodução