Explosão de dinamite causa medo e revolta na população de Araripina, PE

08/03/2016 14h42

Irresponsabilidade, sem
nenhum aviso empresa detona explosivos em Araripina e quase acontece uma tragédia
na cidade.

A noite do dia 07 de março
vai ser lembrada por muitos moradores de Araripina, principalmente por
moradores que residem no entorno da via Perimetral: os Loteamento Paraíso,
Loteamento Raimundo Félix, Bairro Universitário, Vila Batista, Alto da Boa
Vista, e algumas localidades próximas, o motivo foi a grande explosão de dinamites
que foram colocadas para a detonação de pedras em um loteamento.
O barulho foi tão alto que
se pode ouvir a um raio de 5 a 6 KM, segundo relatos de pessoas que estavam
muito distantes do local do acontecido.
O pânico e medo tomou de
conta das pessoas, temos informações que pessoas foram parar no hospital por
conta do susto.
A equipe do Corpo de
Bombeiros foi acionada para o resgate de possíveis vitimas, mas felizmente até o momento não sabemos de nenhuma vitima confirmada.

Empresa
contratada

Até o momento a empresa
contratada para fazer o serviço de detonação não se pronunciou e nem se
identificou.
A empresa fez a explosão sem
nenhum aviso prévio ou qualquer divulgação em meios de comunicação para
informar que iria explodir a pedreira, o que levou um grande risco a sociedade
de Araripina.
O resultado foram centenas
de pessoas no meio da rua procurando saber o que teria acontecido, na rua da
canastra muitas pessoas do lado de fora, assustadas e todos se perguntando que
estava acontecendo.
Um morador do Loteamento
Raimundo Félix brincou: “Achei que era
um foguete do Estado Islâmico que havia atingindo Araripina ou então uma bomba
bem grande que havia destruído a prefeitura com todos os corruptos dentro.

Casas foram danificadas,
segundo informações colhidas nas redes sócias, rachões em forros e vidros
trincados, além de prejuízos financeiros teve o abalo emocional para a
população.

Policia

A polícia civil de
Araripina deverá apurar o caso e chamar os responsáveis pela explosão, até
porque várias pessoas já procuraram o órgão para denunciar o fato.
A empresa ou responsável
pelo estrondo também não sinalizou devidamente a Avenida Perimetral e nem
disponibilizou veículos com sirenes ligadas para alertar sobre a explosão.
Agora o fato virou caso de polícia.
Nossa equipe entrou em
contato com a policia de Araripina e, eles nos informaram que está sendo feito
uma investigação e assim que sair a conclusão será passada a imprensa.
Estamos em busca de mais informações
sobre o caso em breve teremos mais noticias.

Veja no link abaixo as normas e regularidades para o uso de explosivos

Normas Reguladoras deMineração – NRM Operações com Explosivos e Acessórios

Redação Araripina em Foco | Reportagem Damião Sousa | Texto e redação Allyne Ribeiro

Sobre o Autor

Allyne Ribeiro