AFNEWS
AFNEWS


O Programa Parceria pela Valorização da Educação (PVE) inicia suas atividades em escolas públicas da Serra do Inácio (PI) e Serra do Araripe (PE) com foco em colaborar gestores educacionais no processo de transição para o ensino híbrido nas escolas públicas. O programa tem o objetivo de promover melhorias na educação por meio de apoio à gestão pública educacional e incentivo à participação familiar na vida escolar de crianças e adolescentes.

Em 2020, em meio à pandemia de Covid-19, o PVE foi importante ferramenta para auxiliar gestores no processo de transição do ensino presencial para remoto à cerca de 75 municípios brasileiros. Entre eles, escolas públicas de Araripina (PE), Santa Filomena (PE), Betânia do Piauí (PI), Curral Novo do Piauí (PI) e Simões (PI). Por meio de ações que envolvem consultoria técnica especializada, capacitações e milhares de mobilizadores sociais – todas realizadas de forma remota para garantir a segurança de profissionais da Educação, estudantes e familiares -, o programa beneficiou quase 400 mil estudantes em todo o país.

 Para 2021, a expectativa é reforçar a presença das ações do PVE na região junto a estes cinco municípios e ampliar as atividades do programa. Além dos municípios já mencionados da Serra do Inácio e Serra do Araripe, a cidade de Ouricuri (PE) também será contemplada pelas ações do programa neste ano. O desafio deste ano está em auxiliar gestores públicos da Educação na implantação do modelo híbrido de ensino, que contempla aulas presenciais e online em um sistema rotativo de alunos, que contemplem a segurança de profissionais da educação e dos alunos ao mesmo tempo que atua para melhorar o ensino ofertado. “No ano de 2020, o mundo foi surpreendido por uma pandemia global e as escolas se viram em um cenário até então nunca imaginado. Todas as escolas tiveram de ser fechadas por questões de segurança e as aulas passaram a ser online. Com isso, tivemos alguns desafios relacionados às atividades remotas, as quais não chegaram a todos os alunos da mesma forma. Para 2021, a nossa expectativa é promover um ensino igualitário.

Com o apoio do PVE, iremos organizar estratégias para diminuir essa desigualdade e reforçar a qualidade do ensino em nosso município”, diz Erinaldo Rodrigues, técnico mobilizador e professor do município de Betânia do Piauí (PI). A persistência e a organização dos educadores e mobilizadores sociais de Betânia do Piauí (PI), Curral Novo do Piauí (PI) e Simões (PI) resultaram no destaque nacional das ações realizadas por estes municípios dentro do PVE. Em dezembro de 2020, durante uma cerimônia virtual, os municípios da Serra do Inácio (PI) foram premiados nas categorias: Experiências de Ensino (Simões) e Protagonismo Jovem (Betânia do Piauí e Curral Novo do Piauí). Para Alexsandro Cota, Gerente de Sustentabilidade da Votorantim Energia, a bagagem de aprendizados que o PVE formou, em 2020, será fundamental para dar continuidade a esse novo ciclo do programa que se inicia. “Com os aprendizados do ano passado em função das adaptações com a pandemia, desenvolvemos planos de ação mais elaborados, voltados para o ensino remoto, que é a nossa atual realidade.

O PVE chega em 2021 fortalecido e com novos conhecimentos para compartilhar com a comunidade”. A lista completa das cidades que foram destaque no PVE 2020 pode ser acessada por meio do endereço https://pve.institutovotorantim.org.br/2020/12/16/conheca-os-vencedores-do-premio-pve-2020/

Assessoria de comunicação da Votorantim Energia