InícioAraripina em FocoEmpresários do polo gesseiro recebem treinamento sobre exportação na FIEPE

Empresários do polo gesseiro recebem treinamento sobre exportação na FIEPE

Capacitação, em parceria
com a CNI, abordou o Certificado de Origem Digital para empresas que desejam
exportar seus produtos.
Os empresários que
integram o Projeto Setorial de Exportação do Gesso do Araripe – Brazilian
Gypsum, iniciativa do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio
Exterior – MDIC através do Plano Nacional da Cultura Exportadora – PNCE,
participaram de um treinamento na Unidade Regional Sertão do Araripe da
Federação das Indústrias de Pernambuco – FIEPE sobre o Sistema COD-Br –
Certificado de Origem Digital.
O Certificado de Origem é
um documento que, além de certificar a origem do produto a ser exportado, pode
conferir reduções ou isenções do imposto de importação e garantir acesso
preferencial de suas mercadorias nos Países de destino com os quais o Brasil
mantém Acordos Comerciais. Devido à importância do tema e também à necessidade
de capacitar os empresários do polo gesseiro do Araripe, a FIEPE articulou a
realização do treinamento que foi conduzido pela analista da Confederação
Nacional da Indústria, Camilla Mafissoni e pelo analista do Núcleo de Economia
e Negócios Internacionais da FIEPE, Otávio Lessa.

As Federações de
Indústrias são Entidades Habilitadas pelo MDIC para emitir os certificados de
origem. O sistema de certificação on-line é oferecido por meio dos Centros
Internacionais de Negócios – CINs de cada Estado. Além disso, o sistema evita
erros, reduz os custos com a burocracia e dá maior segurança ao exportador.
 “Estamos sensibilizando as empresas sobre a
importância do certificado de origem para suas exportações. Durante o
treinamento, apresentamos a plataforma desenvolvida pela CNI, para que as
empresas já possam iniciar os seus cadastros e emitirem os certificados de
origem. É importante que as empresas conheçam os Acordos Internacionais para identificarem
oportunidades, aumentarem a competitividade e conquistar novos mercados”,
afirma Camilla Mafissoni da CNI.
De acordo com Otávio Lessa
do Núcleo de Economia e Negócios Internacionais da FIEPE existe um interesse da
Federação das Indústrias em interiorizar estas ações para atender às
necessidades dos empresários locais e oportunizar o acesso ao mercado exterior.
“Sabemos da importância que o setor gesseiro tem para a economia de Pernambuco
e através destas ações vamos incentivar que mais empresas enviem seus produtos
para fora do Brasil, aumentando a produtividade e fomentando a inovação”.

Participaram do
treinamento empresários de diversas empresas do polo gesseiro como Gesso
Mineral, Gesso Cristal, Gesso Aliança, BRC Gesso, Plaster Gesso, Ecogesso,
Gesso Integral, Gesso Castelo; além de representantes do Sebrae, da APEX e do
Sindusgesso.
RELACIONADOS