Em Bodocó, tarado aterrorizando adolescentes mostrando órgão sexual em plena luz do dia

Por - 17/10/2015
Um cidadão bodocoense relata
o caso e diz que ligou para a polícia, mas o PM que atendeu mandou o mesmo
avisar ao porteiro de uma escola próxima, pois estava em horário de almoço.
Relatos no blog do Davi
Diniz, dão conta que o bicho tá pegando na cidade de Bodocó-PE. Como se não
bastasse, a cidade tem vivido em meio a tragédias absurdas. Tantas mortes
trágicas, acidentes, assassinatos e etc… agora, as pessoas estão assustadas
com mais um absurdo solto nas ruas. Desta vez, algumas pessoas testemunharam a
audácia de um homem mostrando seu instrumento de fazer “minino”.
As vítimas relatadas são
adolescentes que estavam na praça da matriz em plena luz do dia, mais ou menos
por volta das 14hs (2 da tarde) do dia 15/10 (quinta feira).
Um cidadão resolveu ligar
para a policia, mas o que atendeu a ligação pediu para o mesmo avisar ao
porteiro da escola, (o policial alegou que se tratava de alunas daquela
escola), pois “estavam em horário de almoço”. Só digo uma coisa:
agora lascou! Se a policia não pode resolver uma situação dessas, quem poderá
nos defender? Será o chapolin colorado? Ou o super man, batman, homem
aranha…? Não! Infelizmente esses super heróis só existem nos cinemas e
quadrinhos, pois se existissem de verdade, dariam surras de moral em nossas
autoridades. Com certeza eles não se omitiriam e não negariam apoio à
sociedade. E olhe que seria um trabalho totalmente voluntário! Pois é assim que
os conhecemos na ficção, a não ser que eles trabalhassem para o governo, aí
estaríamos lascados de todo jeito. Assim fica difícil. Pois as pessoas não
podem andar confiantes pelas ruas, principalmente mulheres e crianças. Porque
se o tarado topar com um homem disposto, ele se lasca. O caba vai dá “pau
pra dez”. Segundo a informação, o cara além de ficar só chamando as
meninas para trás do trailer, ele ainda as perseguiu quando as mesmas estavam
subindo rumo à rua conhecida como “alto do cemitério”
Este é um vídeo que recebi
via inbox do facebook. Por questões de respeito à privacidade e por zelo de
integridade moral, não divulgarei o nome do autor da imagem e do video.
Vejam o que relatou a
testemunha no facebook.
“Aí você está na praça da matriz, em plena 14:00 horas sol rachando, e quando menos imagina se depara com um homem mostrando o órgão genital fazendo gestos obscenos e chamando um grupo de adolescentes para trás de um trailer. Ai você resolve ligar para a polícia militar e eles respondem – “estamos em horário de almoço, avisa ao porteiro da escola” aí fiquei sem palavras e apenas com o pensamento, se eles não vêm resolver o porteiro é que é responsável?”
Do blog Davi Diniz