Duas forças políticas no mês de março iniciaram as suas pré-campanhas em Araripina

27/03/2016 14h27
Coluna do Everaldo Paixão – As peças do jogo de xadrez
já estão sendo montadas para iniciar as jogadas. O mês de março que tem um
olhar voltado para o dia 02 de abril, quando a janela para trocar de partido se
fecha, marcou em Araripina a realização de dois eventos grandiosos, ou agendas
de pré-candidaturas para o pontapé que dará início a largada para definir nomes
para a disputa das eleições este ano.
No sábado (05), o
pré-candidato Valmir Lacerda Filho, inaugurou a sede do PMDB, na Rua Coronel
Antônio José Modesto, nesta, e que recebeu vários simpatizantes ao novo grupo
que é integrado pelos mandatários: Luciano Capitão (PMDB), Camila Modesto
(PTdoB), Sandoval Batista (PCdoB) e Aderval Régis (PMDB) e o próprio
pré-candidato que também é o atual vice-prefeito. Além dos políticos,
empresários e muitas outras autoridades marcaram presenças no evento.
O marqueteiro e radialista
– Iveraldo Nascimento foi quem apresentou o palanque, e os discursos daquela
noite tinha um tom de que ali estava uma nova esperança para Araripina. Desde o
presidente da Câmara Luciano Capitão, novo filiado ao PMDB, até as palavras do
pré-candidato Valmir Filho, o que pudemos ouvir além das promessas, foram o que
há anos parece não mudar muita as oratórias e os velhos enfadonhos debates de
que todos estão se coalizando, aderindo, se comprometendo com uma Araripina
mais do povo. Não sabemos explicar direito, de que povo eles tanto falam em
proteger, mas parece que o intuito é transformar em verdade o que a maioria da
população está desacreditada.  O
ex-prefeito Lula Sampaio esteve também por lá, assim como estava na reunião de
filiação do PRB. É como diria o vosso irmão: – Lula está conversando com todos
os pré-candidatos (exceto Raimundo), isso com evidente demonstração de que está
buscando os braços que melhor o acolher.
Saindo da Agenda 15 para a
Agenda 17, realizada na quinta-feira (17), na AABB, em Araripina,PE, além de
assistir o show de palavreado bonito, de emoção sem limite, de muito suor
(“tava” um calor daqueles), garra e preferencialmente de gritos de ordem que
também direcionavam o discurso para uma “Araripina mais decente”, ouvimos
atentamente os oradores da noite. Diante das celebridades políticas local, dos
profissionais da oratória, virei mero figurante decorativo em meio aquela gente
que agora se misturava com o vermelho para nas palavras do ex-prefeito e
ex-deputado Bringel afirmar que “agora somos uma melancia: verde por fora e
vermelho por dentro”.
Como tudo parece permear a
incerteza e é preciso provar para a população que existe algo diferente, tanto
os novos filiados do Partido Social Liberal (PSL) que tem a deputada Socorro
Pimentel como representante na ALEPE, como o pré-candidato Raimundo Pimentel,
que ingressa para fortalecer a legenda, precisam provar que além de diferente
nas ações que não foram realizadas pelo atual governo municipal, que
transformou Araripina do Futuro nesse pesadelo negro, é preciso aprender também
a conviver com o contraditório. Não se governa um país, um estado ou um
município, sem oposição. Faz parte da democracia republicana.
O mesmo vale para Valmir
Filho (PMDB), que se reuniu com a imprensa para ouvir as críticas e que em
alguns momentos também provou que precisa amadurecer muito nesse aspecto; para
Aluísio Coelho (PP) que já virou alvo de críticas oposicionistas e que tenta
provar que a serenidade será a marca de sua campanha e, do próprio Tião do
Gesso (PSB) que necessita atrair para si mais sensatez e maturidade, porque
será ladeado por aqueles que sempre foram mestres na arte de convulsionar.
Tanto a Agenda 15 com a
Agenda 17, impulsionaram os discursos para que a população volte a acreditar
nos políticos, para que um novo modelo de gestão tragam possibilidades de
encontrar um caminho para rumar Araripina para novos tempos. E como sempre digo
que não acredito em nenhum deles, posso aqui voltando atrás garantir que é
preciso sim acreditar, porque mesmo com um pessimismo impregnado na opinião das
pessoas descrentes, um deles terá que assumir o Município.
Esperamos só que seja com
sabedoria.
E viva nossa querida
Araripina.

P.S. Vamos aguardar os
eventos do Médico Aluísio Coelho (PP) e de Tião do Gesso, que devem mobilizar
as suas militâncias agora no mês de abril.

Sobre o Autor

Allyne Ribeiro