Diretores de faculdade no Piauí são denunciados por emitirem diplomas falsos

A juíza federal substituta, Vládia Maria de Pontes Amorim, da 3ª Vara Federal do Piauí, aceitou denúncia de falsidade ideológica, formulada pelo Ministério Público Federal (MPF), contra dois diretores da Faculdade Entre Rios do Piauí -FAERPI. A decisão é do dia 10 de setembro.

Segundo a denúncia, entre agosto de 2011 e novembro de 2012, Eylanison Falcão do Vale e Maria José de Castro Leite Filha do Vale, diretores da instituição, emitiram (ao menos) 16 diplomas universitários do curso de Bacharelado em Teologia contendo declarações ideologicamente falsas, com o fim de alterar a verdade dos fatos juridicamente relevantes.

Ainda segundo o MPF, os diplomas falsificados foram emitidos em favor de estudantes que não tinham nenhuma ligação com a unidade de ensino.

Diante dos indícios de materialidade e autoria dos fatos apontados pelo MPF, a juíza recebeu a denúncia e determinou a citação dos denunciados para responderem às acusações.

Informações do 180 Graus